EsportesFutebol

Vinícius Jr, Militão e Arthur voltam ao Brasil pelas Eliminatórias

O atacante Vinicius Jr., o meia Arthur e o zagueiro Éder Militão são as principais novidades do Brasil para enfrentar Venezuela e Uruguai, em novembro, pela terceira e quarta rodadas das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, segundo convocação divulgada nesta sexta-feira pelo técnico Tite.

O atacante do Real Madrid, de 20 anos, retorna à seleção mais de um ano após a sua última convocação, para os amistosos contra o Peru (derrota por 1 a 0) e Colômbia (2 a 2) em setembro de 2019, em uma lista de 23 jogadores liderados por Neymar, Coutinho, Casemiro e Thiago Silva.

Tite destacou as condições físicas do jovem, que conquistou a vaga de seu companheiro de equipe Rodrygo, presente na última rodada das Eliminatórias, em que o Brasil terminou na liderança ao vencer a Bolívia (5 a 0) e o Peru (4 a 2).

“Se um carro normal tem cinco marchas, ele tem seis ou sete”, disse o treinador em entrevista coletiva virtual na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro.

O meia Arthur também estará à disposição, após estar ausente nos compromissos anteriores por não estar treinando em meio à contratação pela italiana Juventus. Assim, o ex-Barcelona foi substituído pelo agora ausente Bruno Guimarães (Olympique de Lyon).

Militão, por sua vez, poderá usar a camisa verde e amarela novamente um ano após sua última participação, nos jogos amistosos com a Coreia do Sul (vitória por 3-0) e Argentina (derrota por 1-0) em novembro de 2019. O jogador do Real Madrid vai ocupar o lugar de Felipe, do Atlético de Madrid.

Dos ‘retornos’

Tite também convocou o goleiro Alisson (Liverpool) e o atacante Gabriel Jesus (Manchester City), que foram cortados na véspera dos jogos das eliminatórias em outubro devido a lesões.

O técnico brasileiro deixou de fora mais uma vez o capitão Daniel Alves (São Paulo) e os laterais Filipe Luís (Flamengo) e Alex Sandro (Juventus). “Há uma competição de alto nível”, justificou o treinador.

Dos 23 convocados, apenas quatro jogam no Brasil: Gabriel Menino e Weverton, no Palmeiras, e Rodrigo Caio e Everton Ribeiro, no Flamengo.

O Brasil lidera as Eliminatórias sul-americanas para o Mundial do Catar com seis pontos. A Argentina, adversária dos brasileiros no dia 30 de março em Recife, tem os mesmos pontos, mas saldo de gols menor.

Nas últimas partidas de 2020, a seleção brasileira receberá a Venezuela no dia 13 de novembro, no estádio do Morumbi, em São Paulo, e viajará a Montevidéu para enfrentar o Uruguai no dia 17, no Centenário.

Lista de convocados:

Goleiros: Alisson (Liverpool, ING), Ederson (Manchester City, ING), Weverton (Palmeiras).

Defensores: Danilo (Juventus, ITA), Gabriel Menino (Palmeiras), Alex Telles (Manchester United, ING), Renan Lodi (Atlético Madrid, ESP), Thiago Silva (Chelsea, ING), Marquinhos (Paris Saint Germain, FRA), Éder Militão (Real Madrid, ESP), Rodrigo Caio (Flamengo).

Volantes: Casemiro (Real Madrid, ESP), Fabinho (Liverpool, ING), Arthur (Juventus, ITA), Douglas Luiz (Aston Villa, ING), Philippe Coutinho (Barcelona, ESP), Everton Ribeiro (Flamengo).

Atacantes: Gabriel Jesus (Manchester City, ING), Vinicius Jr (Real Madrid, ESP), Neymar (Paris Saint Germain, (FRA), Everton (Benfica, POR), Roberto Firmino (Liverpool,  ING), Richarlison (Everton, ING).

Tags
Exibir Mais

Edinaele Sousa

Jornalista e Produtora, 22. Além de registrar fatos, o jornalismo escreve histórias que serão contadas por gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar