CulturaFilmes

Vila das Artes abre inscrições para oficinas gratuitas de cinema

Cinema negro e colorimetria são temas dos cursos que seguem com inscrições online até 23/01

A Vila das Artes abre inscrições, nesta quarta-feira (15/01), para duas novas oficinas do Programa de Férias da Escola Pública de Audiovisual. As oficinas “Cinema, fabulação e ficções especulativas”, com Kênia Freitas, e “Introdução à Colorimetria”, com Darwin Marinho, ocorrerão durante a semana de 27 a 31 de janeiro, das 9h às 13h e das 14h às 18h, respectivamente. Inscrições online devem ser realizadas até 23/01. As duas atividades são destinadas a maiores de 18 anos.

A oficina “Cinema, fabulação e ficções especulativas” se propõe a pensar as estratégias de criação e invenção no cinema contemporâneo, a partir das conexões entre o conceito de fabulação e o campo da ficção especulativa. “Essas estratégias serão discutidas com base nos tensionamentos e inflexões do campo crítico decolonial e das pesquisas do cinema negro”, comenta Kênia Freitas, ministrante do curso.

Já a oficina “Introdução à Colorimetria” traz uma abordagem teórica e prática a respeito do uso da cor no cinema. Serão trabalhados temas, como: a importância da captação, da direção de arte e da fotografia na colorimetria; a diferença entre correção de cor e colorimetria; e ciência das cores. “Serão realizadas análises de filmes e haverá ainda a introdução ao uso das ferramentas de correção de cor e colorimetria nos softwares Adobe Premiere e Davinci Resolve”, complementa Darwin Marinho, ministrante da oficina.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Sobre os ministrantes

Kênia Freitas é professora, crítica e curadora de cinema, com pesquisa sobre Afrofuturismo e o Cinema Negro. Pós-doutoranda (CAPES/PNPD) em Comunicação da UNESP. Doutora em Comunicação e Cultura pela UFRJ. Realizou a curadoria das mostras “Afrofuturismo: cinema e música em uma diáspora intergaláctica”, “A Magia da Mulher Negra” e “Diretoras Negras no Cinema brasileiro”. Escreve críticas para o site Multiplot! e integra o Elviras, coletivo de mulheres críticas de Cinema.

Darwin Marinho nasceu em Tauá-CE e reside em Fortaleza. Seus trabalhos transitam entre artes visuais, cinema, performance, música e design. É membro da Associação dos Profissionais do Audiovisual Negro (APAN), diretora artística da residência Antro e integrante dos coletivos Carnaval no Inferno, Negritude Infinita e Fertinha.

Serviço:
Oficina “Cinema, fabulação e ficções especulativas”, com Kênia Freitas

Inscrições: até 23 de janeiro, em https://cultura.fortaleza.ce.gov.br/
Data de realização: de 27 a 31 de janeiro
Hora: das 9h às 13h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Gratuito

Oficina “Introdução à Colorimetria”, com Darwin Marinho
Inscrições: até 23 de janeiro, em https://cultura.fortaleza.ce.gov.br/
Data de realização: de 27 a 31 de janeiro
Hora: das 14h às 18h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Gratuito

Foto:Pixabay

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar