Foto: Divulgação/Unsplash (by Headway)

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) ofertará 296 vagas em cursos gratuitos para formar profissionais da área de Tecnologia da Informação. Atendendo jovens de Fortaleza e Região Metropolitana, a iniciativa tem previsão de início em 10 de maio.

São 136 vagas para aulas de “Programador de Sistema“, 136 para “Programador Web” e 24 para “Programador de Dispositivos Móveis“. As inscrições já estão abertas no site EduLivre e acabam dia 11 de abril.

Os cursos serão possíveis devido ao programa piloto Qualifica Mais-Emprega Mais, parceria entre os Ministérios da Economia e da Educação. Ao todo, o projeto ofertará 6.069 vagas, todas gratuitas, em 11 capitais e regiões metropolitanas do Brasil.

Fazem parte do alcance dos cursos Fortaleza, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Florianópolis, Joinville, Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Campinas.

Como se inscrever?

Os cursos são destinados a pessoas de até 29 anos, com Ensino Médio completo. É necessário residir em Fortaleza ou Região Metropolitana. Para se inscrever, é necessário acessar a plataforma EduLivre.

>> Acesse o link de inscrições

No site, os candidatos preencherão uma trilha educacional, onde vão conhecer mais sobre o mercado de trabalho do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Serão feitos exercícios sobre as áreas de escolha. A partir do dia 12 de abril, os selecionados receberão e-mail confirmando a matrícula.

Oportunidade

Conforme relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o setor de TIC deve demandar cerca de 420 mil profissionais anualmente até 2024. Essas oportunidades ofertadas pela Uece buscam preparar os jovens para esse mercado.

“Trata-se de um projeto-piloto, e a Uece é uma das sete instituições de ensino escolhidas em todo o Brasil para participar do programa, tendo sido selecionada por sua experiência na oferta de cursos na área de TIC, em Educação A Distância (EaD) e no desenvolvimento profissional dos jovens”, pontua a coordenadora de Ensino do Pronatec/Funece, Germana Paixão ao Diário do Nordeste.