Atenas (AFP) – O grego Stefanos Tsitsipas mudou de opinião. Um mês depois de provocar críticas do governo de seu país pelas suas declarações, o número 3 mundial finalmente se vacinará contra a covid-19, anunciou nesta segunda-feira (20).”Farei isso este ano (se vacinar) para poder ir nas lojas e nos restaurantes”, disse o jogador grego ao canal de televisão Antenna.”Pessoalmente, não promovi a vacinação. Não era contra. Apoio todos os que querem fazer. Não sou médico, sou jogador de tênis e minha opinião não é a melhor em termos de medicina”, afirmou o jogador de 23 anos.Em meados de agosto, Tsitsipas se mostrou contra se vacinar, alegando os possíveis efeitos colaterais.Suas palavras foram criticadas pelo governo grego.”Não tem o conhecimento, nem a bagagem, nem o trabalho de pesquisa que lhe permitiria formar uma opinião a respeito”, declarou o porta-voz do governo Giannis Economou.Tsitsipas foi a imagem da campanha grega ‘Fique em Casa’ no ano passado nos momentos mais difíceis da pandemia.