Foto: Pixabay

A Polícia Civil realiza investigações que apontam que a mulher utilizava a profissão para o favorecimento de uma organização criminosa.

Nesta quarta-feira (9), uma advogada do Ceará foi presa em Santa Catarina por suspeita de exercer a profissão com o intuito de passar e cumprir ordens de um grupo criminoso.

A Polícia Civil do Ceará, que está a cargo das investigações, afirmou que irá divulgar maiores informações da captura da advogada ainda nesta quinta-feira, 10 de junho.

Ainda de acordo com a polícia, as apurações realizadas pelos agentes apontaram que a advogada é suspeita de fazer parte de uma organização criminosa.