CuidadosSaúde e Bem-Estar

Setembro Roxo: Método Supera prepara série de lives para o mês da conscientização sobre a Doença de Alzheimer

O mês de setembro é marcado por campanhas de conscientização sobre doenças relacionadas a saúde do cérebro, como depressão e o mal de Alzheimer. Para contribuir com a discussão, o Método Supera estará realizando nesse período uma série de lives gratuitas nas redes sociais do grupo de escolas franqueadas, com especialistas da área médica trazendo a temática “Despertando a Sociedade para a Saúde do cérebro”.

O objetivo principal da ação é informar sobre todas as particularidades que envolvem a doença de Alzheimer, que já acomete mais de 50 milhões de pessoas em todo o mundo. Os responsáveis por conduzir os debates são profissionais neurologistas, neuropsicólogos, gerontólogos e gerontologistas.

Os interessados em participar das transmissões, conferir a programação do evento, e ter acesso as gravações das palestras no pós-evento, devem realizar a sua inscrição pelo link: https://cadastro.metodosupera.com.br/evento-despertando-a-sociedade-para-a-saude-do-cerebro.

Live de abertura

A primeira transmissão da série de “lives” acontecerá no dia 2 de setembro, às 19h30, e terá como tema “Entendendo a Doença de Alzheimer em seus aspectos, seu tratamento e os custos relacionados aos cuidados nas demências”, com Profa. Dra. Jerusa Smid e Profa. Dra. Ceres Ferreti”. Todas as transmissões serão ao vivo e poderão ser assistidas na página do Facebook do Método Supera e em seu canal do Youtube.

Sobre o Supera

O Método Supera é uma rede de escolas que promovem a prática de exercícios de ginástica para o cérebro que garantem o desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais, entregando performance e qualidade de vida aos alunos. A ginástica cerebral oferecida pelo Método Supera pode e deve ser praticada em todas as idades.

As aulas do Método Supera acontecem uma vez por semana e têm duração de duas horas. Durante o período de aprendizado os alunos desenvolvem atividades lúdicas específicas que estimulam o exercício do cérebro, como dinâmicas que se utilizam de jogos de tabuleiros e cartas, além de livros com exercícios para a mente. A interação estimula o lado cognitivo, psicossocial e de relacionamento dos alunos entre si e com as pessoas.

Foto: Divulgação

Tags
Exibir Mais

Edinaele Sousa

Jornalista e Produtora, 22. Além de registrar fatos, o jornalismo escreve histórias que serão contadas por gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar