Luan comemora seu gol na vitória do São Paulo sobre o Sporting Cristal na partida da Libertadores disputada em Lima, em 20 de abril de 2021 | AFP

O São Paulo venceu com autoridade o campeão peruano Sporting Cristal por 3 a 0 pela primeira rodada do Grupo E da Copa Libertadores-2021 disputada nesta terça-feira no Estádio Nacional de Lima sem público por conta da pandemia de coronavírus.

Os gols da vitória do tricolor paulista foram marcados por Luan aos 17 minutos, Martín Benítez aos 60 e Eder aos 81.

Com um futebol totalmente superior, o São Paulo conquistou uma importante vitória contra o frágil adversário peruano.

O jogo de volta será disputado no dia 25 de maio. O Grupo E é completado por Racing da Argentina e o Rentistas uruguaio.

Tricolor aproveita erro

O Cristal propôs um bom jogo coletivo desde o primeiro minuto do jogo.

Com o argentino Marcos Riquelme e o equatoriano Washington Corozo e Irven Ávila no ataque, os jogadores ‘celestes’ buscaram perturbar a meta adversária.

Aos 12 minutos, Ávila deu um chute de pé esquerdo que passou longe do gol de Tiago Volpi.

Mas o São Paulo com superioridade e contra-ataques rápidos buscou quebrar a igualdade na partida.

Aos 17 minutos, o meia Luan fez 1 a 0 para o São Paulo de pé direito aproveitando uma bola pessimamente afastada pelo atacante equatoriano Corozo.

Após o gol, o São Paulo partiu para o ataque com boas triangulações comandadas pelo seu capitão Dani Alves, de 37 anos, que atuou na lateral direita.

Aos 23 minutos, o meia Reinaldo cabeceou forte após uma assistência de Alves. O chute foi defendido pelo goleiro Alejandro Duarte.

Aos 30, o Sporting Cristal acordou para tentar igualar o placar, mas faltou precisão aos seus jogadores para marcar nos primeiros 45 minutos.

Com superioridade

No segundo tempo, o Cristal saiu determinado a superar o placar em sua estreia na Libertadores.

Os peruanos com Riquelme e o meia Nilson Loyola tentaram chegar com perigo à meta brasileira. Aos 56, Gerald Távara chutou, mas Volpi defendeu.

Aos 58, com uma ótima leitura do jogo, o técnico argentino Hernán Crespo colocou William e o artilheiro Eder para recuperar o meio-campo e liquidar a partida.

Aos 60, o argentino Martín Benítez fez 2 a 0 para o São Paulo. O meia chutou de fora da área na direita superando o goleiro Duarte.

Mas o Cristal não desistiu e tentou pelo menos diminuir.

Aos 70 minutos, Crespo colocou Igor Gomes e Rodrigo Néstor em campo para dar um refresco ao seu time.

Aos 81, Eder fez 3 a 0 para o São Paulo após uma assistência de Reinaldo.

Nos últimos minutos de jogo, o Sporting Cristal com quatro alterações, buscou o gol de honra, mas seus jogadores não conseguiram devido ao desgaste físico.

O São Paulo terminou com 10 jogadores depois que Leonardo foi expulso por receber um segundo cartão amarelo.

AFP