Foto: Thiara Montefusco e Tatiana Fortes

O  Governo do Ceará anunciou uma série de novas medidas de combate à pandemia do coronavírus no novo decreto publicado na última quinta-feira (21). Em coletiva de imprensa, o Governador Camilo Santana anunciou que o estado vai  ampliar a oferta de leitos na rede pública de saúde para o tratamento exclusivo da Covid-19 e reforçar a fiscalização em estabelecimentos para evitar aglomerações e o descumprimento de medidas protetivas, como o uso obrigatórios de máscara.

Camilo Santana disse que as medidas foram adotadas pelo comitê de enfrentamento à Covid-19 em virtude do crescimento pela busca de atendimento na rede pública de saúde.

“Esse aumento de casos ao longo das semanas não vinha refletindo na demanda assistencial, na procura pela UPA, hospital, e também não vinha refletindo em óbitos. Porém, na última semana, avaliado pelos técnicos, houve aumento significativo na demanda por assistência, principalmente na Capital”, disse Camilo

O governador destacou ainda a junção por atendimentos nesse período em virtude das arboviroses, como dengue, zika, chikungunya, H1N1.

Retomada de unidades e leitos

Ele também falou sobre a retomada das unidades e leitos criadas ao longo da pandemia. “Criamos praticamente 2.800 leitos de enfermaria e UTI durante a pandemia e quase todos foram mantidos para atender outras demandas da população com a redução do número de casos”.

Sobre o reforço das fiscalizações, o governador disse que, nesta sexta-feira (22), ele e o prefeito de Fortaleza, José Sarto, se reunirão com as forças de segurança para tratar sobre o assunto. “Vamos intensificar a fiscalização em bares, restaurantes e estabelecimentos que estejam causando aglomeração, multando e punindo os que forem reincidentes”, ressaltou.

Proibição de áreas de lazer e restrição de viagens intermunicipais

Como a maioria dos novos casos está em Fortaleza, o Governo do Ceará está recomendando também que a população evite viagens intermunicipais em transporte público.

“Só faça se for para trabalho ou ações emergenciais. Vamos evitar esse fluxo da Capital para o Interior, pois o maior foco nesse momento está sendo na Capital”, aconselhou o governador, que comunicou que terá uma reunião com o setor de transporte público para reduzir a aglomeração dentro dos ônibus, principalmente em Fortaleza. Além dessas medidas, ficará proibido o uso de áreas comuns de lazer nos condomínios de praia. Nos urbanos, o Estado recomendará o cumprimento dos protocolos sanitários.

Confira um resumo das novas medidas:

  • Intensificação da fiscalização do transporte público municipal e intermunicipal de passageiros no Ceará
  • Ampliar a rede de atendimento para a Covid-19 no Estado do Ceará, com a retomada de leitos e UTIs exclusivos para atendimento de pacientes com Covid-19;
  • Proibir o uso de áreas comuns de lazer nos condomínios de praia. Áreas comuns de lazer nos condomínios de praia;
  • Recomenda que a população não viaje nos transportes intermunicipais, só faça esse fluxo para trabalho e ações emergenciais, para evitar esse fluxo de contaminação a capital para o interior;
  • Intensificar a fiscalização em bares, restaurantes, estabelecimentos que estão causando aglomeração, multando e punindo esses estabelecimentos.