Pacheco arquiva pedido de impeachment de Moraes feito por Bolsonaro - Foto: Reprodução

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), rejeitou e arquivou, por motivos técnicos e políticos, nesta quarta-feira (25), o pedido de impeachment feito na última sexta-feira (20), pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

O pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal foi protocolado digitalmente pela Presidência da República diretamente no gabinete do Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), assinado apenas por Bolsonaro. 

A demanda em si somava 17 páginas, mas o arquivo protocolado no Senado é bem maior, pois incluiu cópias de documentos pessoais de Bolsonaro e alguns despachos de Moraes. O documento tinha a firma reconhecida de Bolsonaro, depositada em um cartório da Asa Norte de Brasília.

Ao receber o pedido, o presidente do Senado disse ter pedido um parecer técnico à Advocacia-Geral do Senado que respondeu com uma recomendação de arquivamento por falta de adequação ao que a lei prevê como possibilidades para um impeachment. “É preciso haver adequação do fato ao que prevê a lei para se dar andamento”, disse Pacheco