CulturaEventosMúsica

Região da Ibiapaba recebe festival que homenageia Jackson do Pandeiro

De 20 a 27 de julho, a 15a edição do Mi – Festival Música da Ibiapaba celebra os 100 anos de Jackson do Pandeiro e realiza 90 oficinas e ações de formação musical, trazendo ainda novidades como os roteiros turísticos culturais e valorizando as riquezas da Ibiapaba.

Um dos maiores festivais de formação musical do Brasil, o Mi – Festival Música da Ibiapaba chega aos 15 anos em 2019 com novo tom de voz. Realizado de 20 a 27 de julho, o Mi irá ocupar diversos espaços de Viçosa do Ceará, com shows, oficinas, rodas com mestres da cultura e encontro de bandas de música. Neste ano, celebrando os 100 anos de Jackson do Pandeiro, o festival traz novos ares ao preparar um roteiro turístico cultural para quem quer aproveitar as riquezas da Ibiapaba curtindo a boa música, visitando tanto pontos turísticos quanto patrimoniais, destacando a beleza dos famosos casarões de Viçosa.

Em sua 15ª edição, o Mi vem com novo tom e pretende usar a música como fio condutor desta união entre as riquezas da Ibiapaba: a cultura local, o empreendedorismo, a cidade e o patrimônio histórico, unindo riquezas materiais e imateriais.

Todo o afeto, laços e histórias construídas ao longo desta trajetória do Mi serão celebrados nesta data especial para o evento em uma formação ainda mais engajada e integrada com a região, a exemplo da homenagem a Zé Músico, artista que faz parte da história de Viçosa e memória das culturas indígenas que  ecoaram pelas ruas da região em décadas passadas, especialmente em Tianguá.

Programação

A programação contém mais de 40 apresentações musicais, além de rodas de conversa e exibições de videoclipes, curtas e longas-metragens. A 15ª edição do Festival Mi – Música da Ibiapaba tem suas tradicionais oficinas durante o dia e, durante as noites, a partir das 18h.

A noite de abertura do evento contará com as apresentações da Orquestra Estrelas da Serra, de Croatá, além de Fausto Nilo, apresentando-se no tradicional patamar da Igreja da Matriz e Marcus Caffé, que fechará a noite com seu show em homenagem a Humberto Teixeira.
Nas noites seguintes, o festival contará com o rock progressivo da banda Os Bardos, de Tianguá, a música popular nordestina com o Trio Arupemba, de Guaraciaba do Norte, além da pegada eletrônica do Caboco Eletrônico – Di Freitas, de Juazeiro do Norte. Dos nacionais, além do paraense Felipe Cordeiro, teremos a baiana Sanfonástica Mulher Lona, os paulistas Sexteto Mundano e Maiara Morais e Quarteto; além do projeto especial paraibano Jackson Racional e os Afrobatuques. Não podemos deixar de citar as participações dos Tesouros Vivos da Cultura, as Mestras Ana Maria, com seus dramas, Cacique Pequena, da tribo Jenipapo-Kanindé e o Mestre Expedido Caboco, com sua banda cabaçal, que além de participarem da oficina de Cultura Popular, apresentam-se nos palcos do Mi.

SERVIÇO
15º Mi – Festival Música da Ibiapaba
20 a 27 de Julho em Viçosa do Ceará
Gratuito e aberto ao público
www.festivalmi.com 

Foto: Divulgação

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar