Milão (AFP) – O Real Madrid, atual líder da LaLiga, vai a Milão nesta quarta-feira para enfrentar a Inter buscando prolongar seus bons resultados no campeonato espanhol em sua estreia na Champions League. A equipe de Carlo Ancelotti vai começar sua jornada continental contra aquele que está emergindo como seu principal adversário no grupo D do torneio continental, onde também estão o Shakhtar Donetsk e o Sheriff Tiraspol da Moldávia. Os ‘merengues’ chegam à Itália após a grande exibição de domingo contra o Celta (5-2), que os encheram de moral. O time madrilenho foi eliminado no torneio passado nas semifinais da Liga dos Campeões contra o Chelsea, que depois se sagraria campeão. A equipe deu um show ofensivo que foi elogiado em entrevista coletiva por Ancelotti. O treinador também focou nos erros da defesa, que custaram dois gols e que o time terá de evitar diante da Inter de Milão de Simone Inzaghi.- ‘Melhorar na defesa’ -O treinador merengue que, antes do jogo em Milão, deve conseguir recuperar David Alaba, que superou alguns problemas musculares, mas não poderá contar com Marcelo nem com o francês Ferland Mendy, se mostrou otimista nesta terça-feira sobre a disposição tática. “Às vezes o time se desequilibra. Se o posicionamento for bom, com a bola, isso permite que você se recupere mais facilmente quando a perde”, disse Ancelotti em entrevista coletiva. À frente, o treinador italiano, que almeja a sua segunda Liga dos Campeões pelo Real Madrid, depois de ter conquistado a ‘Décima’ em 2014 ao bater o Atlético na final, volta a confiar em Karim Benzema.O atacante francês começou a temporada como uma flecha e acumula cinco gols em quatro jogos, liderando a artilharia do campeonato espanhol. O atacante francês provavelmente terá mais uma vez a ajuda do jovem Vinicius Jr., a quem Benzema garantiu que “é um fenômeno”. “A diferença do Vinicius é que agora está mais frio diante do gol adversário, mas é o jogador dos últimos anos, muito rápido, muito bom no mano a mano”, disse Ancelotti, esperando que “continue assim”.’Vini’ voltou a mostrar seu talento no ataque no domingo, o que pode ajudar muito os merengues na quarta-feira no San Siro, contra a Inter, que espera não repetir as duas derrotas do ano passado contra o Real Madrid e sua eliminação ainda na fase de grupos. “É passado. Foi uma grande oportunidade que aconteceu e amanhã vamos começar de novo. O grupo é difícil, mas esperamos que aconteça”, disse Inzaghi, que alerta para o bom momento do time madrilenho. A Inter receberá o Real Madrid com o sensível desfalque do meia Stefano Sensi, lesionado no joelho nessa partida.- Objetivo: passar de fase -Inzaghi também tem a dúvida do zagueiro Alessandro Bastoni, um dos pilares da defesa ‘interista’, que já perdeu a partida contra a Sampdoria por lesão.”Ele quer jogar. Ontem ele treinou em um ritmo lento, hoje ele terá que aumentar um pouco o nível e veremos a resposta que ele dará”, disse Inzaghi em entrevista coletiva nesta terça-feira. A Inter se lança no torneio europeu após um verão agitado, em que perdeu dois de seus destaques: o atacante Romelu Lukaku e o lateral Hachraf Hakimi. Para compensar a perda de Lukaku, a Inter conta com a chegada do bósnio Edin Dzeko, que na quarta-feira provavelmente acompanhará o argentino Lautaro Martínez no ataque da equipe italiana, que não supera a fase de grupos desde 2010. “Nosso objetivo é passar de fase. Infelizmente, nos últimos anos não estávamos à altura ou nossos adversários eram melhores do que nós, mas isso é passado. Temos que pensar em amanhã”, disse o goleiro da Inter, Samir Handanovic.Prováveis escalações:Inter de Milão: Handanovic – Skriniar, de Vrij, Bastoni (O Dimarco) – Darmian, Barella, Brozovic, Çalhanoglu, Perisic – Dzeko, Lautaro. Técnico: Simone InzaghiReal Madrid: Courtois – Carvajal, Militao, Alaba, Miguel Gutiérrez – Valverde, Casemiro, Modric – Hazard, Benzema, Vinicius. Técnico: Carlo Ancelotti (ITA)Árbitro: Daniel Siebert (ALE)