CearáNotícias

Projeto lança programação no Dia Internacional para a eliminação da Violência contra a Mulher com formações gratuitas para os 21 dias de ativismo contra a violência

“A proposta abre inscrição gratuita com formações fomentadas até o dia 10 de dezembro, as atividades estão sendo mobilizadas nos Conselhos de Mulheres de 14 municípios do interior do Ceará”

Uma ação voltada ao enfrentamento à violência contra a mulher, num diálogo aberto com a comunidade e os Conselhos de Mulheres de 14 municípios do Ceará!

O Projeto Contexto, lança no próximo dia 25 de novembro, data em que é comemorado o Dia Internacional para a eliminação da Violência contra a Mulher, uma série de formações gratuitas, como parte da Campanha “Mulher sua voz empodera! Grite!”, tendo como primeiro tema o “Ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, com mediação da ativista Beth Ferreira, que é educadora popular feminista, militante do Fórum Cearense de Mulheres (FCM) e membro da Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB). A programação segue até dia 10 de dezembro, com atividades diversas sendo realizadas com inscrições abertas para o público.

O diálogo será promovido de forma online, buscando alcançar e mobilizar participação em diferentes regiões do Estado, com presença confirmada de representantes dos Conselhos de Mulheres dos Municípios de Quixeramobim, Boa Viagem, Deputado Irapuan Pinheiro, Mombaça, Pedra Branca, Piquet Carneiro, Crateús, Ipaporanga, Ipueiras, Monselhor Tabosa, Nova Russas, Poranga, Tamboril e Tauá.

Entre as ações previstas para serem realizadas nesses 21 dias de ativismo contra a violência, estão programadas formações ressaltando temas como Feminicídio e estratégias de luta pela vida das mulheres, Participação política das mulheres, a Lei Maria da Penha e os instrumentos de proteção às mulheres, além da temática sobre Masculinidades e homens pelo fim da violência.

De acordo com a técnica do Instituto Maria da Penha, Rose Marques, uma das coordenadoras da ação, a proposta faz parte de uma ação continuada que vem sendo mobilizada de forma constante nas atividades promovidas nas escolas, sempre ressaltando a importância de debater o direito das mulheres dentro do contexto escolar e de forma interdisciplinar. “A proposta é criar espaços virtuais acolhedores e formativos para conselheiras de mulheres e pessoas interessadas nas temáticas, além de fortalecer uma grande ciranda pelos direitos das mulheres no sertão”, ressalta.

A iniciativa é uma realização da Plataforma Educação Marco Zero, através do Projeto Contexto, que conta com apoio de fundos da Otto per Mille da Chiesa Valdese e cofinanciamento da União Europeia. Num modelo de mobilização coletiva em prol dos direitos das mulheres e da educação emancipatória nas escolas do Ceará, a plataforma reúne sete Organizações da Sociedade Civil (OSC), são elas: We World Brasil, Instituto Maria da Penha, Esplar, Cáritas Diocesana de Crateús, Pastoral do Menor Regional 1, EFA Dom Fragoso e ACACE.

Ações em Políticas Públicas pelo Projeto

Com ações sendo realizadas desde 2017, em 20 municípios do Ceará, o Projeto Contexto tem trabalhado em 134 escolas, envolvendo mais de 1.500 educadores em busca de possibilitar a inclusão de uma proposta pedagógica inclusiva, participativa e contextualizada com a realidade de educadores e estudantes que vivem no Semiárido.

O tema sobre os direitos das mulheres e o enfrentamento à violência, é parte importante das ações promovidas pelo projeto, que tem fomentado várias frentes de atuação com Grupos de Mulheres, formação nos Conselhos Municipais, além de Campanhas com produção de Podcasts com grandes referências nacionais debatendo sobre esse assunto, em diálogo aberto com escolas e comunidades.

O projeto já conseguiu estabelecer a educação emancipadora como Projeto de Lei em 10 municípios, são eles: Novo Oriente, Solonópole, Deputado Irapuan Pinheiro, Piquet Carneiro, Milhã, Ararendá, Ipaporanga, Nova Russas, Tamboril e Quiterionápolis, e segue em diálogo com os demais 10 municípios de atuação do projeto, que envolve ainda as cidades de Boa Viagem, Crateús, Ipueiras, Madalena, Mombaça, Pedra Branca, Poranga, Quixeramobim, Senador Pompeu e Tauá.

SERVIÇO

FORMAÇÃO “ATIVISMO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER”

DATA: 25 E 26/11, às 15h

INSCRIÇÕES: Via Google Meet – https://forms.gle/jgFr77mhFMHn4FJ99

Tags
Exibir Mais

Thaynara Pinheiro

Designer de Moda, trabalha com produção de conteúdo, fotografia e tem um pé no design gráfico. Sempre disposta a ajudar e a fazer de tudo para os jobs saírem perfeitos. Responsável pela coordenação de conteúdos, marketing e criação de projetos do Portal Siará News e pela produção do programa Siará Digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar