CearáNotícias

Procon recebe mais de 400 denúncias por preços abusivos de máscaras, álcool em gel e alimentos

Devido à pandemia do novo coronavírus, houve um aumento nas compras de produtos alimentícios e de proteção, como máscaras, luvas e álcool em gel, e em alguns locais da cidade estes itens estão sendo vendidos com preços abusivos.

O Procon Fortaleza já contabilizou 458 denúncias referentes à abusividade de preços em farmácias e supermercados, que segundo o Decreto Estadual, são os estabelecimentos que estão autorizados a funcionar durante a quarentena, pois são considerados serviços essenciais, assim como padarias e postos de combustíveis.

Em março, as denúncias pelos preços abusivos somavam 161 nestes estabelecimentos.

A operação específica de fiscalização para combater a especulação de preços em torno de produtos utilizados na prevenção do novo coronavírus foi determinada pelo prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio, no último dia 14 de março .

Os estabelecimentos que elevam os preços de seus produtos sem justificativas plausíveis, além de pagar uma multa que pode chegar a R$ 13 milhões,  podem ser penalizada com exceções administrativas previstas no  Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Foto: Reprodução

 

Tags
Exibir Mais

Brenda Bezerra

Estudante de publicidade e propaganda, produtora de moda e criadora de conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar