CearáCoronavirusNotícias

Povos indígenas e comunidades tradicionais recebem quase 200 mil máscaras de proteção

A Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) está doando quase 200 mil máscaras para lideranças de povos indígenas e de povos e comunidades tradicionais, como comunidades quilombolas, povos de terreiro, ciganos, população negra e migrantes africanos.

A ação é executada pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Igualdade Racial (Ceppir), e é feita a partir de uma doação de um milhão de máscaras da Fundação Itaú.

“A pandemia afetou diretamente os públicos que nós trabalhamos que, em sua maioria, estão em situação de vulnerabilidade social e econômica. Para atender às populações que são alvo das nossas políticas de igualdade racial temos atuado com a sistematização das demandas destes grupos. Ouvimos as lideranças do movimento negro unificado, dos povos originários, como também temos um diálogo aberto com os migrantes africanos que moram no nosso Estado. Depois de ouvi-los, buscamos parcerias para construir uma política pública que é transversal e horizontal”, expõe a titular da SPS, Socorro Franca.

“Além das máscaras, estamos entregando folders com orientações de prevenção contra o virus voltadas para os costumes de indígenas, quilombolas, povos de terreiro e ciganos. Essa ação faz parte da Campanha Ceará Sem Racismo, que segue ativa na pandemia. Nós já realizamos 20 encontros virtuais, entre transmissões ao vivo, aulas online e webinars”, diz Zelma Madeira, coordenadora da Ceppir.

Foto: Reprodução

Tags
Exibir Mais

Brenda Bezerra

Estudante de publicidade e propaganda, produtora de moda e criadora de conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar