Foto: Reprodução

Um acordo assinado entre os países Portugal e Espanha, nesta sexta-feira (04/06), lançou as duas nações na candidatura conjunta para sediar e organizar a Copa do Mundo de 2030 e coincidiu com a comemoração de cem anos da primeira partida entre as duas seleções, em 1921.

O anúncio ocorreu no estádio metropolitano de Madrid, num ato simbólico, antes do amistoso entre as seleções dos dois países, que terminou em 0x0.

“Sei que vamos formar uma grande equipe para que juntos possamos mostrar os nossos valores que são o trabalho árduo, a humildade, a excelência, a proximidade e a hospitalidade.”, afirmou o Presidente da Federação Espanhola de Futebol, Luís Rubiales.

O acordo de apoio à candidatura foi assinado pelo primeiro-ministro de Portugal, António Costa, e pelo presidente do Governo Espanhol, Pedro Sánchez. O evento contou com a presença do Rei da Espanha, Filipe VI, e do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.