CiênciaCoronavirus

OMS espera vacinação generalizada contra covid para meados de 2021

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta sexta-feira que não espera uma vacinação generalizada contra a covid-19 antes de meados de 2021, no momento em que os Estados Unidos aceleram os preparativos para distribuir uma vacina.

“Um número considerável de candidatas entrou na fase de três de testes. Conhecemos ao menos de seis a nove que já percorreram um bom trecho em termos de pesquisa”, declarou uma porta-voz da OMS, Margaret Harris, em um encontro com a imprensa em Genebra.

“Mas em termos de calendário realista, não esperamos ver uma vacinação generalizada antes de meados do próximo ano”, completou.

A porta-voz explicou que a fase 3 dos testes clínicos – ou seja a etapa de testes em larga escala com voluntários – leva tempo porque os cientistas precisam verificar se as vacinas são eficazes e seguras.

Existe uma grande disputa para desenvolver uma vacina contra a covid-19.

Nos Estados Unidos, país com maior número de mortes no mundo, os Centros de Prevenção e Luta contra as Doenças (CDC) pediram em “caráter de urgência” aos estados que façam o necessário para que os centros de distribuição de uma futura vacina possa estar “completamente operacionais antes de 1 de novembro de 2020”, ou seja, pouco antes da eleição presidencial.

No fim de agosto, o presidente americano, Donald Trump, prometeu uma vacina para “este ano” contra a covid-19.

Em Genebra, Soumya Swaminathan, cientista chefe da OMS, explicou nesta semana que a organização trabalha com especialistas de todo o mundo para “propor critérios” em termos de segurança e eficácia das futuras vacinas.

“Gostaríamos de ver uma vacina com uma eficácia de pelo menos 50%, e de preferência maior”, completou.

Foto: Reprodução

Tags
Exibir Mais

Brenda Bezerra

Estudante de publicidade e propaganda, produtora de moda e criadora de conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar