InternacionalPolítica

O retorno dos Estados Unidos ao cenário mundial

O presidente eleito dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, apresentou os integrantes os para cargos de política externa e segurança nacional em seu gabinete.

O grupo marca um retorno à diplomacia americana tradicional, revertendo a postura “América em primeiro lugar” do atual presidente Donald Trump.

Entre os escolhidos, estão o ex-secretário de Estado John Kerry, que foi nomeado por Biden como representante especial dos Estados Unidos para o clima; Alejandro Mayorkas, primeiro latino e imigrante nomeado para Diretor do Departamento de Segurança Interna e Avril Haines, a primeira mulher a ser indicada como diretora de Inteligência Nacional.

“Esta equipe incorpora minhas crenças centrais de que a América é mais forte quando trabalha com seus aliados. Coletivamente, esta equipe garantiu algumas das conquistas diplomáticas e de segurança nacional mais marcantes na memória recente, o que foi possível através de décadas de experiência com nossos parceiros. É assim que realmente mantemos a América segura”, disse Joe Biden.

“As palavras ’em nome dos Estados Unidos da América’ significaram tudo para mim e para meus pais, em quem penso hoje e todos os dias. Meu pai e minha mãe me trouxeram a este país para escapar do comunismo. Eles valorizaram nossa democracia e foram intensamente orgulhoso de se tornarem cidadãos dos Estados Unidos, como eu”, disse Alejandro Mayorkas, nomeado para Diretor do Departamento de Segurança Interna.

O grupo que vai dirigir a diplomacia e a segurança nacional afirmou que representa a volta do multilateralismo, da cooperação global e do combate conjunto às mudanças climáticas.

Tags
Exibir Mais

Edinaele Sousa

Jornalista e Produtora, 22. Além de registrar fatos, o jornalismo escreve histórias que serão contadas por gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar