InternacionalPolítica

Nova Zelândia reelege Primeira-ministra

O Partido Trabalhista da Nova Zelândia, da primeira-ministra Jacinda Ardern, venceu com ampla margem as eleições gerais deste sábado, com quase 50% dos votos, um resultado imediatamente reconhecido pela oposição.

Ardern, de 40 anos, no poder desde 2017, agradeceu aos eleitores pela confiança depositada nas urnas no que que ela própria descreveu como ‘eleições da Covid’. A campanha da premiê se concentrou justamente no sucesso na luta contra a pandemia.

“Agora, mais do que nunca, é o tempo de continuar a trabalhar, de agarrar as oportunidades que estão à nossa frente. Então vamos adiante, vamos continuar nos movendo”, disse Primeira-ministra da Nova Zelândia.

As projeções dão ao Partido Trabalhista a maioria no Parlamento, com 64 assentos de um total de 120, o que pode ser o pior resultado em quase 20 anos para o Partido Nacional, de centro-direita.

Os eleitores também foram às urnas para se pronunciar em dois referendos: um sobre a legalização do uso de maconha para fins recreativos e outro sobre a legalização da eutanásia. Os resultados de ambos devem ser conhecidos somente depois de 30 de outubro.

 

Tags
Exibir Mais

Edinaele Sousa

Jornalista e Produtora, 22. Além de registrar fatos, o jornalismo escreve histórias que serão contadas por gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Corona Vírus

Atualização em Tempo Real do Corona Vírus no Brasil.

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar