Paris (AFP) – A Federação Internacional de Basquete (Fiba), a liga americana (NBA) e a Euroliga reconheceram nesta sexta-feira o contato para “falar sobre a unificação do basquete europeu”, após a divisão da liga europeia  em 2000. “Uma reunião foi realizada em meados de setembro para abordar a unificação do basquete europeu”, por iniciativa da Fiba e com a presença da Euroliga, informou a federação internacional.A Euroliga organiza a competição privada e quase fechada que é atualmente o torneio continental de maior prestígio na Europa. “Como um agente chave no crescimento do nosso esporte e um colaborador de longa data da Fiba, a NBA também foi convidada e participou da reunião”, acrescentou a Fiba, em reação a uma reportagem do jornal esportivo espanhol Marca, que na quinta-feira anunciou os planos para a criação de uma ‘NBA Europeia'”. “O basquete europeu e mundial está perto de experimentar um terremoto sem precedentes na história de suas competições. Como o Marca apurou, a NBA e a Fiba já começaram a negociar a criação da NBA Europa, a divisão europeia da melhor liga do mundo. Negociações que estão no caminho certo para que esta divisão veja a luz no futuro iminente ”, explicou o jornal espanhol. A Euroliga emitiu um desmentido nesta sexta-feira. “As questões discutidas naquela reunião nunca incluíram a criação de uma divisão da NBA na Europa”, divulgou a liga europeia. Sem definir claramente os detalhes do projeto, o Marca destacou que a nova competição substituirá a Euroliga, mas não será integrada ao atual campeonato americano. Independentemente de o projeto ter ou não o prestigioso selo da NBA, o acordo tripartido poria fim às coincidências do calendário entre os jogos internacionais da Euroliga e da Fiba, que às vezes geram conflitos de datas.