Foto: Pixabay

O tema “Música na pandemia: reflexão e pensamentos sobre o lugar da música hoje e em um contexto de pós-pandemia” abre o ciclo de mesas-redondas das Residências Artísticas do Festival Jazz & Blues 2021, com a participação da pesquisadora do Instituto de Artes da UNESP, Marisa Fonterrada, do músico e doutor em Sociologia da Educação pela University of Iowa, Luiz Botelho e, como mediador, o professor e pesquisador Pedro Rogério. A transmissão acontece ao vivo, das 19h às 21h, no canal do festival no Youtube (jazzebluesce).

As mesas-redondas acontecem até quinta-feira, dia 11, sempre às 19h, como parte das atividades das Residências Artísticas, projeto de formação artística e cultural do Festival Jazz & Blues 2021, realizado pela Via de Comunicação e Cultura, com apoio do Porto Dragão, Instituto Dragão do Mar e Governo Federal, através da Lei Aldir Blanc, e o patrocínio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Além das mesas-redondas, que são abertas ao público, o projeto conta também com nove minicursos de música, que acontecem de 8 a 11 deste mês, para alunos inscritos.

OS PARTICIPANTES DA MESA-REDONDA SOBRE “MÚSICA NA PANDEMIA”

Profa. Dra. Marisa Trench de Oliveira Fonterrada é pesquisadora do Instituto de Artes da UNESP. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Música, atuando principalmente nos seguintes temas: educação musical, música, canto coral, ecologia acústica e a disciplina Artes no ensino fundamental, médio e superior.

Prof. Dr. Luiz Botelho Albuquerque é graduado em Música Composição e Regência pela Universidade de Brasília e doutor em Sociologia da Educação – University of Iowa. Como pesquisador da UFC atua nos seguintes temas: Sociologia da Educação; Sociologia da Arte e Música; Ensino de Música, Educação e Formação de Professores.

Prof. Dr. Pedro Rogério é professor e pesquisador da Universidade Federal do Ceará (UFC), com pós-doutorado em Psicologia da Educação pela Universidad de Valladolid – Espanha. Trabalha principalmente com os seguintes temas História da Música, Música Cearense e Educação Musical.

PRÓXIMAS MESAS-REDONDAS

Nos próximos três dias as mesas-redondas terão como temas, respectivamente, “Circuito da Música: Equipamentos, espaços, festivais, editais. Como circular”, com o jornalista e produtor musical Dalwton Moura, o gestor cultural João Wilson, o produtor cultural Lenildo Gomes e Maria Amélia Mamede, diretora do festival, como mediadora; “Direitos autorais e direitos do músico: cachês, couvert, sindicato, OMB”, com o músico e diretor presidente do Sindicato dos Músicos Profissionais no Estado do Ceará Amaudson Ximenes, o compositor Felipe Radicetti e a advogada Cecília Rabelo (mediadora); e “Aceleração artística e gerenciamento de carreiras: Plataformas, comunicação, anúncio e impulsionamentos, meios de resistência e divulgação da música”, com o músico Tiago Araripe, a cantora, jornalista e produtora Marianna Leporace e, como mediador, o músico e professor Heriberto Porto, coordenador das Residências Artísticas.

SERVIÇO

Festival Jazz & Blues 2021 – Residências Artísticas | Mesas-redondas – De 8 a 11 de janeiro, das 19h às 21h, no canal do Festival Jazz & Blues no Youtube. Informações no site www.jazzeblues.com.br. Redes sociais: @festivaljazzeblues