CoronavirusMundoNotíciasPandemia

Mais de 70 migrantes desembarcam em Lampedusa

Mais de setenta migrantes chegaram à ilha italiana de Lampedusa em desembarques sucessivos apesar da pandemia de coronavírus, informou a mídia italiana nesta quinta-feira (25).

Entre ontem e hoje, três embarcações chegaram à ilha siciliana, com 11, 10 e 36 tunisianos a bordo, segundo a agência Agi, que cita fontes policiais.

Um quarto barco estava prestes a chegar com outros 14 migrantes, afirmou a mesma agência.

Uma vez concluídas as primeiras operações de identificação e controle das condições de saúde, as pessoas serão transferidas ao centro de acolhimento de migrantes da ilha.

Um jornalista da AFP, a bordo do navio humanitário Ocean Viking (OV), da ONG SOS Mediterrâneo, constatou no dia anterior que “um barco de madeira, com entre 30 e 40 pessoas a bordo, se dirigia a Lampedusa”, disse.

“As autoridades italianas e maltesas foram contatadas pelo Ocean Viking e as pessoas a bordo foram atendidas no navio pela guarda costeira italiana no início da manhã”, contou.

“A coordenação foi feita sem problemas com os guardas italianos”, disse a SOS Mediterrâneo em nota.

Localizada entre Malta e Tunísia, a ilha italiana de Lampedusa está a 130 km da costa da Tunísia e a 290 km da costa da Líbia.

Com a chegada do verão boreal, as condições de navegação melhoram e as tentativas de cruzar o Mediterrâneo por parte dos migrantes do norte da África em busca de uma vida melhor se multiplicam.

Foto: Reprodução/AFP

Tags
Exibir Mais

Thaynara Pinheiro

Designer de Moda, trabalha com produção de conteúdo, fotografia e tem um pé no design gráfico. Sempre disposta a ajudar e a fazer de tudo para os jobs saírem perfeitos. Responsável pela coordenação de conteúdos, marketing e criação de projetos do Portal Siará News e pela produção do programa Siará Digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar