Devido a pandemia do novo coronavírus, inúmeras empresas no Brasil e no mundo foram obrigadas a fazer um corte no time de funcionários por conta dos impactos gerados com o isolamento social. Com a Microsoft não foi diferente, ela encerrará o contrato de trabalho da sua equipe de jornalistas do MSN e Microsoft News para substituí-los por um software de Inteligência Artificial, que vai selecionar e publicar as notícias.

Na última quarta-feira (27), em torno de 50 funcionários responsáveis pela linha editorial das notícias publicadas no site receberam uma notificação de que perderão seus empregos no final de junho. Apenas uma equipe enxuta será mantida em período integral, mas posteriormente também deve ser desligada.

“Como todas as empresas, avaliamos nossos negócios regularmente. Isso pode resultar em aumento do investimento em alguns lugares e, de tempos em tempos, na reimplantação em outros. Essas decisões não são o resultado da atual pandemia”, revela a Microsoft em comunicado oficial.

Apesar de todos os avanços em relação ao chamado “jornalismo de robôs”, empresas de tecnologia como a Google, que também faz investimentos na área, apontam que a IA não é perfeita e deve funcionar em conjunto da mão de obra humana no combate às fake news e notícias inapropriadas.

Fonte: Canaltech
Foto: Pixabay