Ciência

Janeiro de 2020 foi o mês mais quente da história

Nesta quinta-feira (13), a principal agência de registros atmosféricos dos Estados Unidos, confirmou que janeiro de 2020 foi o mais quente da história. A Agência Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (Noaa, na sigla em inglês) faz o registro de temperatura há 141 anos.

No início de fevereiro a o serviço europeu Copernicus já havia anunciado o recorde climático.

A agência também falou que janeiro foi o 44º mês consecutivo a se registrar uma temperatura acima da média, e o 421º acima da média do século XX. A Noaa aponta que o planeta Terra segue em aquecimento, alertando para a crise climática, que especialistas dizem ser o maior problema que a humanidade enfrentará no século XXI.

A Agência Oceânica também revela que esse é o segundo mês de janeiro mais quente do Hemisfério Sul desde 2016.

Outro dado que aponta uma tendência de aquecimento do planeta, mostra que os 4 meses de janeiro mais quentes já registrados aconteceram depois de 2016. Quando se recorta os 10 maiores registros, observa-se que eles se deram após 2002.

Foto: Pixabay

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar