InternacionalPandemia

Itália aprova novas restrições para conter coronavírus

Mais restrições para conter a Covid-19. A Itália anunciou, nesta terça-feira (13), novas medidas que vão durar por 30 dias e servem para frear o aumento de casos de coronavírus no país.

Entre elas estão as proibições de festas e celebrações tanto ao ar livre como em locais fechados e o limite de número de convidados em casas privadas que ficou em seis.

Os esportes de contato para amadores, como futebol ou basquete, também foram proibidos.

A Itália, que registrou mais de 36.000 mortes desde o início da pandemia, entrou na segunda fase com restrições mais específicas, com o objetivo de evitar o confinamento total devido ao aumento de casos na última semana.

O país registrou na segunda-feira 4.619 novos casos em 24 horas, um número comparável aos de abril, quando a pandemia devastava o norte da península.

Por outro lado, o valor é muito inferior às taxas de contágio observadas atualmente na França ou Espanha.

O chefe de Governo do país advertiu que não descarta adotar medidas ainda mais coercitivas no futuro se a situação ficar mais grave.

O protocolo de saúde vinculado à quarentena por casos de contato e o isolamento dos casos positivos foi modificado.

Até agora, em caso de teste positivo para o coronavírus, a regra era cumprir 14 dias de isolamento até a obtenção de dois testes negativos para que a pessoa fosse autorizada a sair de casa.

A quarentena caiu para 10 dias e será suficiente apresentar apenas um teste negativo para considerar que a pessoa está curada.

Tags
Exibir Mais

Edinaele Sousa

Jornalista e Produtora, 22. Além de registrar fatos, o jornalismo escreve histórias que serão contadas por gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar