EsportesFutebol

Inter tem jogo decisivo na Libertadores esta noite

Na noite desta teça-feira, 11, Internacional e Universidad de Chile se enfrentam no estádio Beiro Rio às 19:15 para decidirem qual equipe avança para a próxima fase da Pré-Libertadores.

Após empatar no jogo de ida em 0 a 0 no estádio Nacional, o time treinado pelo argentino Eduardo Coudet precisa vencer a partida de hoje por qualquer placar para passar para a próxima etapa da competição, caso a La U vença ou empate, ela que irá continuar no torneio, mas se a partida terminar mais uma vez em 0 a 0, o resultado será decido em cobranças de pênaltis.

 

Como na partida de ida, o técnico colorado tem quase todo o time definido para, mas ainda mantem a dúvida de qual jogador escalar no meio campo. Caso o treinador queira fazer uma partida mais ofensiva, ele pode colocar Thiago Galhardo ou Boschiia, mas se ele optar por jogadores mais defensivos, Rodrigo Lindoso deve ser o escolhido.

Provável escalação: Marcelo Lomba, Rodinei, Rodrigo Moledo, Cuesta, Moises; Musto, Edenilson, Patrick, Bochilia (Thiao Galhardo, Rodrigo Lindoso); D’Alessandro e Guerreiro.

Já a Universidad de Chile não contará com a Montillo para a partida, já que o maio-campista foi expulso no jogo de ida, Cornejo deve entrar no lugar jogador de 35 anos. Entretanto, talvez essa não seja a única ausência da equipe chilena, o goleiro De Paul está como indisposição estomacal e há chances de Cristóbal Campos jogar em seu lugar.

Provável escalação: De Paul (Campos), Matías Rodrigues, Del Pino, Carrasco, Beausejur; Cornejo, Moya, Espinoza, Aránguiz; Henríquez e Larrivey.

D’Alessandro bate recorde da competição

No jogo de hoje, D’Alessandro irá se igualar ao ex-goleiro, Agustín Orión, como o jogador argentino que mais disputou partidas na Taça Libertadores da América. O meio-campista colorado fará sua 84ª partida na competição em 11 edições disputadas.

O camisa 10 da equipe gaúcha diz que o confronto contra a La U vai decidir no planejamento do Inter para o restante da temporada e que mesmo sem seu principal jogador, o time adversário ainda fará um jogo difícil.

“Eu acho o fator mental importantíssimo. Temos que seguir respeitando a La U, tem time que sabe o que joga. Sem Montillo, mas como time que acredito que não mudará muito a sua postura. Vai tomar cuidados porque joga fora de casa. Temos que ter atenção com contra-ataques. Vamos jogar muito com a bola no pé. Temos que ter cuidado, mas não vamos deixar de atacar, de fazer as mesmas coisas”

Foto: Reprodução 

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar