CoronavirusCuidadosFortalezaNotíciasSaúde e Bem-EstarSegurança

Hospital de Messejana, em Fortaleza, tem aglomeração de pacientes para marcação de consultas e exames

Conforme as pessoas que estavam na unidade, funcionários do Hospital de Messejana repassaram números de telefones para que os pacientes marcassem as consultas, no entanto os números não funcionam. 

Na manhã desta sexta-feira, 8 de janeiro, pacientes se aglomeraram no pátio do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM), localizado no município de Fortaleza, esperando conseguir uma senha para a marcação de consultas e exames de coração. A maioria das pessoas eram idosos e não respeitavam o distanciamento social. A Polícia Militar foi acionada após um início de tumulto se formar no local. Os militares conseguiram dissipar a aglomeração. 

De acordo com o que disseram os pacientes, alguns chegaram ao hospital ainda na madrugada e, mesmo assim, não conseguiram uma senha. Outros foram à unidade mais de uma vez na esperança de serem atendidos.  É o caso do advogado Giovannio de Carvalho Ferreira, que só conseguiu uma senha para marcar a consulta da esposa, na segunda tentativa. 

“Desde o ano passado que eu tento marcar uma consulta de retorno para a minha esposa. Ontem eu vim e não obtive êxito. Hoje cheguei às 3h30 e mesmo com todo tumulto consegui pegar uma senha, ainda assim, não é garantido ter vaga para o médico almejado”, relatou o advogado. 

Contudo, o neto de uma idosa de 87 anos que usa marcapasso se locomoveu de um município do interior do Estado e não conseguiu atendimento para a avó. “A minha avó tem que fazer uma consulta porque ela não está se sentindo bem. A gente chega aqui e é esse absurdo, isso não pode acontecer”, reclamou o rapaz. 

Conforme as pessoas que estavam na unidade, funcionários do Hospital de Messejana repassaram números de telefones para que os pacientes marcassem as consultas, no entanto os números não funcionam. 

“Ontem passei o dia todo ligando, hoje tem vários registros das vezes que tentei falar com alguém do hospital pelo telefone e não consegui. Vou voltar para casa sem marcar a consulta da minha mãe”, disse Francisca, que viajou da cidade de Cascavel, na Grande Fortaleza, até a capital. 

De acordo com o Hospital, diariamente, são distribuídas 300 senhas para marcação de consultas e exames eletivos, distribuídas com o intuito de evitar aglomerações em filas. “Seguranças orientam os pacientes e acompanhantes a manterem o distanciamento e respeitar a chama das fichas no Bosque dos Eucaliptos, local aberto e amplo”, afirma.

OUTROS MEIOS DE MARCAÇÃO DE CONSULTAS E EXAMES

Por telefone: de segunda a sexta, de 8h às 16h.
Contatos:
(85) 3101-4112
(85) 3104-7813
(85) 3101-7832

O hospital afirma que só na última quinta-feira, 7, foram marcadas mais de mil consultas eletivas. Já no período de 4 a 7 de janeiro, o hospital marcou 1.940 consultas.  

Ainda de acordo com o hospital, para o retorno das marcações, o Hospital de Messejana providenciou a sinalização do local e aumentou o número de atendentes. O serviço de Pacientes Externos funciona de segunda a sexta, das 8h às 16h. 

“O Hospital de Messejana é o único hospital de referência no tratamento de doenças cardíacas e pulmonares de alta complexidade e atende pacientes de todo o Ceará, inclusive de outros estados do nordeste. Anualmente, são realizadas cerca de 75 mil consultas nos 25 ambulatórios especializados do Serviço de Pacientes Externos”, conta um trecho da nota. 

Tags
Exibir Mais

Mayara Simão

Produtora de Moda, Empreendedora e estagiária de Criação de Conteúdo da WebRádio Siará News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar