Foto: Siará News Imagens: Reprodução

Grammy Awards 2021 foi realizado na noite de ontem (14) e contou com grandes performances e recordes batidos. Beyoncé  se consagrou como a artista mais vencedora da história do prêmio, com 28 gramofones. Com nove indicações, ela levou quatro estatuetas este ano, incluindo duas ao lado de Megan Thee Stallion: Melhor Performance de Rap e Melhor Música de Rap.

Adaptado às restrições do COVID-19, o evento contou com duas áreas principais: uma interna para as grandes performances e uma externa, onde os prêmios principais foram entregues. Mesmo assim, várias categorias foram entregues no intervalo para deixar mais tempo do evento para as apresentações.

A abertura ficou por conta de Harry Styles, que cantou uma nova versão de “Watermalon Sugar”. Billie Eilish levou ao palco “Everything I Wanted” em cima de um carro e ao lado de seu irmão Fineas. A artista também foi premiada na noite pela música de 007 – Sem Tempo Para Morrer, que se tornou o primeiro longa premiado no Grammy antes de sua estreia, adiada por conta da pandemia; e levou a categoria de Gravação do Ano, a última da noite, das mãos de Ringo Starr.

Styles também ganhou seu primeiro Grammy este ano, de Melhor Performance Pop Solo, com “Watermelon Sugar”. Vale citar também os dois prêmios de Fiona Apple e o prêmio de Álbum do Ano, que ficou com Folklore, de Taylor Swift.

Performances

Os shows foram uma atração à parte do Grammy de 2021. Além das já citadas, Dua Lipa cantou os sucessos do álbum Future Nostalgia “Levitating” e “Don’t Start Now”;  Bruno Mars e Anderson .Paak levaram o público para os anos 70 e Taylor Swift levou três músicas para o palco: “Cardigan”, “August” e “Willow”.

E teve funk brasileiro na premiação também! Ao lado de Megan Thee StallionCardi B fez uma performance poderosa de “WAP” e usou um trecho de funk brasileiro, remixado por Pedro Sampaio.

O final do evento também foi grandioso. O grupo BTS cantou “Dynamite”, em uma das apresentações mais aguardadas da noite, que levou o show para o terraço. E Beyoncé ganhou uma homenagem especial para “Black Parade”, um trabalho que foi além da música e trouxe uma mensagem importante sobre o orgulho da comunidade negra.

Confira abaixo a lista de vencedores:

GRAVAÇÃO DO ANO

PRODUTOR DO ANO

ÁLBUM DO ANO

MÚSICA DO ANO

ARTISTA REVELAÇÃO

 

PERFORMANCE DE POP SOLO

 

PERFORMANCE DE POP EM DUO/GRUPO

PERFORMANCE DE POP TRADICIONAL

ÁLBUM DE POP VOCAL

PERFORMANCE DE ROCK

PERFORMANCE DE METAL

MÚSICA DE ROCK

 

ÁLBUM DE ROCK

ÁLBUM DE MÚSICA ALTERNATIVA

PERFORMANCE R&B

 

PERFORMANCE DE R&B TRADICIONAL

MÚSICA R&B

 

ÁLBUM DE R&B PROGRESSIVO

ÁLBUM DE R&B

PERFORMANCE RAP

 

PERFORMANCE DE RAP MELÓDICO

MÚSICA DE RAP

ÁLBUM DE RAP

 

TRILHA SONORA DE MÍDIA VISUAL

TRILHA SONORA ORIGINAL PARA MÍDIA VISUAL

MÚSICA PARA MÍDIA VISUAL

 

CLIPE MUSICAL

FILME DE MÚSICA