CearáNotícias

Governo do Ceará determina fechar estabelecimentos; veja o que pode funcionar

O governo do estado do Ceará lançou uma série de medidas para o combate do covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Uma das medidas foi o fechamento de estabelecimentos, com exceção de alguns serviços. Esta e outras medidas foram anunciadas em uma live na rede social do governador, na quinta-feira (19).

Veja as medidas:

  • Suspensão por 10 dias do funcionamento de bares, barracas de praia, restaurantes, lanchonetes, templos e igrejas, museus, academias de ginástica, feiras livres, lojas que prestem serviço de natureza privada, galerias e centros comerciais;
  • Liberados os serviços de entrega por aplicativo;
  • As medidas restritivas não se aplicam a bares que funcionem no interior dos hotéis e pousadas, desde que sirvam somente aos hóspedes;
  • Interrupção do funcionamento do metrô em Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte, a partir de 0h de sábado (21);
  • Fim das viagens intermunicipais, que começou na segunda -feira (23);
  • Prorrogação do ponto facultativo para os servidores públicos do estado até sexta-feira (27);
  • Barreiras nas divisas do Ceará com outros estados, para fiscalização sanitária;
  • Suspensão das atividades do setor industrial até 29 de março, exceto a produção de itens essenciais

Não são afetados pela medida:

  • Estabelecimentos médicos e hospitalares;
  • Laboratórios de análises clínicas, farmacêuticos, psicológicos;
  • Clínicas de fisioterapia e vacinação;
  • Distribuidores e revendedores de água e gás;
  • Distribuidores de energia elétrica;
  • Serviços de telecomunicação;
  • Segurança privada;
  • Postos de combustíveis;
  • Funerárias;
  • Padarias;
  • Estabelecimentos bancários;
  • Clínicas veterinárias,
  • Lojas de produtos para animais;
  • Lavanderias;
  • Supermercados;
  • Oficinas e concessionárias exclusivamente para serviços de manutenção e conserto de veículos;
  • Empresas prestadoras de serviços de mão-de-obra terceirizada;
  • Industria no ramo têxtil e de confecção que forneçam materiais para uso na rede de saúde da rede pública e privada;
  • Empresas das áreas de logística;
  • Centrais de distribuição, ainda que representem um conglomerado de galões, de empresas distintas.

O documento foi oficializado no dia 23 de março (2020), confira:

O governador também destacou a importância de permanecer em casa e só sair em caso necessidade, orientou também que as famílias tivessem mais atenção e cuidado com os mais idosos, que estão no grupo de risco, “É fundamental o cuidado com os idosos no Ceará. É o público mais vulnerável. Vamos proteger as pessoas acima de 60, 70, 80 anos. A orientação é que só saiam de casa em extrema necessidade e evitem que os seus avós, seus parentes mais velhos saiam de casa”, ressaltou.

Tags
Exibir Mais

Edinaele Santos

Jornalista, 21, trabalha na produção de conteúdos para o portal Siará News. "Escrever não é uma escolha, é um sintoma, não é meu trabalho é minha vida"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar