DestaqueNotícias

Foguetes atingem área próxima da embaixada estadunidense em Bagdá

Três foguetes Katyusha atingiram na noite desta segunda-feira, 20, as proximidades da embaixada dos Estados Unidos (EUA) em Bagdá, localizada na chamada “zona verde”, a região mais fortemente protegida da capital do Iraque e que tem sido alvo de diversos ataques deste tipo desde o início do ano, após o aumento da tensão entre o governo americano e o do Irã.

Uma fonte do Ministério do Interior iraquiano, que pediu anonimato, confirmou à Agência Efe que os três foguetes caíram nas proximidades da sede diplomática, fazendo soar as sirenes de alarme do edifício, que puderam ser ouvidas no perímetro da Zona Verde.

A zona verde fica na parte central de Bagdá, às margens do rio Tigre e abriga todas as embaixadas, sedes ministeriais e outros edifícios governamentais.

Vários foguetes atingiram o centro de Bagdá, perto ou dentro da zona verde nas últimas semanas, deixando feridos e danos materiais em edifícios e veículos, mas sem causar mortes.
Também têm ocorrido ataques deste tipo a bases militares iraquianas onde tropas dos EUA estão presentes, desde que um bombardeio seletivo das forças americanas matou Soleimani no último dia 3.

Antes desse ataque, a embaixada dos EUA havia sido invadida por membros e apoiadores da milícia iraquiana Forças de Mobilização Popular (PMF), que Washington considera responsável por ataques a instalações americanas em solo iraquiano, como o que matou um empreiteiro em 27 de dezembro.

Foto: Reprodução

Tags
Exibir Mais

Edinaele Santos

Jornalista, 21, trabalha na produção de conteúdos para o portal Siará News. "Escrever não é uma escolha, é um sintoma, não é meu trabalho é minha vida"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar