InternacionalNotícias

Filósofo britânico Roger Scruton morre aos 75 anos

Roger era o pensador mais celebrado da atualidade

Roger Scruton, filósofo britânico e conselheiro do partido inglês, morreu neste domingo (12), aos 75 anos, segundo foi divulgado pela família à imprensa.

Scruton havia sido diagnosticado com câncer há seis meses, segundo o comunicado dado pela família.

O escritor, durante a carreira, publicou cerca de 50 livros sobre moral, estética e política, títulos como “O que é Conservadorismo”,  “Como Ser um Conservador”, “A Alma do Mundo” e “Tolos, Fraudes e Militantes”.

Nos anos de 1970 e 1980, ele ajudou a montar uma rede de intelectuais dissidentes de regimes comunistas do Leste Europeu, acabou sendo banido da Tchecoslováquia, e só foi condecorado em 1989, após a redemocratização do país.

Em abril do ano passado foi afastado do cargo de conselheiro de uma comissão do governo conservador britânico para melhorias urbanas por conta de uma entrevista à revista esquerdista New Statesman na qual, ficou provado depois, o jornalista havia editado frases para que parecessem racistas ou preconceituosas.

Scruton deixa a esposa, Sophie, e os filhos Sam e Lucy.

Foto: Reprodução

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar