Foto/Reprodução: Internet

O novo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), celebrou sua vitória em primeiro turno promovendo uma festa para 300 pessoas em sua casa no Lago Sul, em Brasília, até a madrugada desta terça-feira. O evento incluía ministros do governo de Jair Bolsonaro, fiador da eleição de Lira.

Horas antes, o presidente havia dito que colocaria em votação medidas de combate à pandemia de Covid-19. A comemoração, porém, desrespeitou todas as normas sanitárias, pois além de aglomerar 300 pessoas, a maioria dos convidados estava sem máscara e não respeitaran o distanciamento social.

Foto/Reprodução: Internet

Deputados e políticos aliados, como Roberto Jefferson, presidente do PTB, eram maioria. Mas até mesmo quem não apoiou Lira compareceu. A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) foi uma delas.

O líder do Centrão venceu a disputa contra Baleia Rossi (MDB-SP) na noite desta segunda-feira, 1° de fevereiro. Ainda no plenário da Câmara, Lira pediu um minuto de silêncio para os mais de 225 mil mortos pela doença no País

“Temos que fortalecer a rede de proteção social. Temos que vacinar, vacinar e vacinar o nosso povo”, afirmou Lira antes da festa.

Foto/Reprodução: Internet