Foto: Reprodução

Foi aprovada a ampliação de três meses para quatro meses e meio, sob as condições de armazenamento de 2° a 8° C, pela diretoria colegiada.

Nesta segunda-feira (14), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aprovou a extensão do prazo de validade do imunizante contra a Covid-19 do grupo Johnson & Johnson, da empresa Janssen.

Houve a ampliação por parte da diretoria colegiada, que teve um aumento de prazo de validade do imunizante de três meses para quatro meses e meio. Entretanto, para que não ocorra o vencimento das vacinas, as mesmas devem ser mantidas sob condições de armazenamento de 2° a 8° C.

Na última quinta-feira (10), a empresa Janssen-Cilag havia realizado a solicitação, no mesmo dia em que a extensão foi aprovada pela Food and Drug Administration (FDA), agência americana responsável pelas fiscalizações, assim como a Anvisa.