Explosão em procissão xiita deixa 3 mortos e 50 feridos no Paquistão | Foto: AFP

Pelo menos três pessoas morreram, e outras 50 ficaram feridas na explosão de uma bomba durante a passagem de uma procissão muçulmana xiita no centro do Paquistão, nesta quinta-feira (19) – informaram autoridades locais.

As medidas de segurança foram reforçadas em meio à celebração da Ashura, no mês sagrado de Muharram, o primeiro do calendário muçulmano. Esta minoria religiosa já foi alvo de violência sectária nos anos anteriores.

“Temos a confirmação de três mortos e 50 feridos pela explosão ocorrida no lugar da procissão”, disse um funcionário de alto escalão do governo na cidade de Bahawalnagar, localizada no estado de Punjab.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram as vítimas sangrando, deitadas na rua, enquanto são ajudadas por pessoas ao redor.

Um policial local, Kashif Husain, confirmou o número de óbitos para a AFP.

“A origem desta explosão ainda não foi esclarecida, já que uma equipe ainda coleta pistas no lugar” onde ocorreu, explicou.

Como medida de segurança, as autoridades bloquearam os serviços de telefonia móvel, assim como as ruas por onde as procissões passariam, nas principais cidades do país durante as celebrações da Ashura.

A Ashura relembra o assassinato do neto do profeta Maomé, Hussein, em Karbala, em 680, momento decisivo do cisma que marcou o nascimento do Islã xiita.