Foto: Reprodução / Internet

O período da gravidez é marcado por diferentes sentimentos. Indispensável antes, durante e depois do parto, o acompanhamento humanizado da gestante pode fazer toda a diferença na saúde da mãe e da criança. Foi pensando nisso que a estudante de enfermagem Tainá Duarte, de 23 anos, decidiu usar uma maneira curiosa para amenizar a ansiedade da gestante Daniela dos Santos Paiva, 25.

Mostrando as duas dançando ao som de ‘Despacito’ na sala de atendimento, o vídeo gravado no Hospital Municipal de Santa Quitéria, município localizado a 299km de Fortaleza, vem repercutindo de forma positiva nas redes sociais. De acordo com Tainá, a dança serve para relaxar e tirar o medo da gestante antes e durante o parto. Além disso, a técnica ainda ajuda na dilatação. “É super recomendado aos profissionais de enfermagem, porque bate na tecla do parto humanizado”, disse Tainá.

Confira o vídeo:

 

Importância do atendimento humanizado

Para além da situação inusitada, o vídeo chama a atenção pelo exemplo de humanização no atendimento. Para Tainá, a maneira como o profissional acompanha o paciente é um ponto crucial para o sucesso de qualquer tipo de tratamento. “É algo que a gente bate sempre na tecla. Porque nós estamos com eles desde a entrada no sistema do SUS, fazemos o acompanhamento, prestamos esse cuidado durante todo o processo”, afirma.

Ela também fala da importância desse suporte durante o processo de gestação.

A mulher gestante tem inúmeros direitos que muitas vezes não chegam até elas. Cabe a nós, profissionais, repassar esse conhecimento. É o direito à dança, como foi no caso da Daniele, o direito de parir na posição que ela quiser, de um parto humanizado…. A mulher é dona desse momento, a protagonista”, conclui.

Daniela, que está com 39 semanas, chegou ao hospital para ser avaliada e decidiu ficar para ser operada nesta quarta-feira (27). A gestante não vê a hora de conhecer a sua bebê, Isadora, e confirmou que o método ajudou muito na redução de sua ansiedade.
“Foi um momento de descontração, relaxamento, me ajudou bastante antes do parto. Seria ideal que todas as mulheres pudessem ter esse momento no seu parto porque é um momento importante na nossa vida”, disse.
Com informações do portal A Voz de Santa Quitéria