CoronavirusEmpreendedorismoGeralGrandes Empresas

Empresas se unem para enfrentar crise do COVID-19

CEBDS reúne ações de empresas para potencializar impactos sociais no combate ao coronavírus. 

Representando 60 grandes empresas, o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) está incentivando entre suas associadas ações de curto, médio e longo prazo, focadas em potencializar ações que gerem impacto social positivo para minimizar a crise provocada pela pandemia. As ações vão desde uma cartilha de melhores práticas nas empresas, até matchs entre as empresas que demandam e as que podem fabricar produtos essenciais para enfrentar o coronavírus, como máscaras, álcool gel, respiradores, etc.

Além disso o CEBDS vai focar nos próximos dois meses em discutir entre as associadas e especialistas multisetoriais a retomada dos negócios e o planejamento de longo prazo. A expectativa é de que essa crise ofereça também a oportunidade de acelerar a agenda da sustentabilidade e promover mais rapidamente a transição para uma nova economia de baixo carbono. 

“Há uma preocupação excessiva no setor empresarial com liquidez e contingências, mas falta foco no momento de transição e na retomada. Temos que agir de forma sinérgica e pensar economia em escala, para proteger os elos da cadeia produtiva”, afirma Marina Grossi. 

Para isso, serão promovidos webinars, com a presença de especialistas da academia e do mercado, empresas e instituições ligadas aos seguintes temas: Água e Saneamento, Alimentos, Bioeconomia e Florestas, Cidades, Economia Circular, Energia, Finanças e Pessoas. Os temas haviam sido definidos em 2019 como prioritários para serem discutidos na Visão 2050, uma revisita à publicação lançada na época da Rio+20 sobre o planejamento de longo prazo do setor empresarial e de instituições financeiras.

Mais do que unir CEOs de empresas para encontrar respostas sobre como será o mundo pós pandemia, a série de webinars pretende trazer uma luz para pensar em futuros possíveis, sistêmicos e com propósitos. O primeiro tema abordado será Água e Saneamento, que está diretamente relacionado à crise, e terá a participação de representantes da BRK e do World Bank. No segundo tema, Pessoas, será abordada a questão da desigualdade social, que foi explicitada nesta crise. Participam Itaú e Natura. Todos os webinars terão representantes do terceiro setor, e acontecerão quinzenalmente às quartas-feiras, abertos ao público em geral.

Atuação emergencial 

Para o curto prazo, o CEBDS se juntou a outros parceiros, como a Rede Brasil do Pacto Global, Instituto Ethos e Sistema B para atuar no COVID Radar, que promove um ambiente de Marketplace, para que as grandes empresas possam encontrar matchs visando a produção e equipamentos hospitalares e/ou de suporte às redes de profissionais que estão atuando na linha de frente do combate ao Coronavírus, e também com a manutenção de redes essenciais (água, energia e alimentos). 

O CEBDS entregou ao COVID Radar uma planilha contendo ações de 32 empresas associadas, que será integrado ao sistema, com atividades que estão sendo realizadas em apoio às populações vulneráveis e também possíveis projetos que possam ser potencializados junto a ações de outros associados.

“Em uma primeira reunião pudemos identificar a demanda por álcool gel de técnicos de manutenção da rede elétrica da Eletrobrás, e a fabricação deste produto de maneira extraordinária na Michelin. Pudemos facilitar a conexão”, diz Marina.

Já o Sesc se ofereceu para alinhar ações, já que está atuando em várias frentes, especialmente na linha de cadeia alimentar junto ao Carrefour e Ação da Cidadania, e por estar presente em cerca de 30% dos municípios brasileiros.. 

A entidade está divulgando as ações das empresas no blog, com o objetivo de influenciar práticas semelhantes em outras companhias e promover trocas de experiências. 

Ações de algumas empresas participantes

RENNER: está produzindo máscaras e aventais, e doou cestas básicas. 

SHELL: estuda adotar por meio da Raízen mesmo sistema de doação de combustível para ambulâncias, a exemplo do que foi feito na China. Informou também que está produzindo álcool em gel e procurando parceiros que tenham frascos pequenos para disponibilização.

ALCOA: atuação direcionada no atendimento a demandas de governos em municípios em que atua (MG, MA e PA), com presença de comunidades indígenas e ribeirinhas.  Também está atuando em iniciativa com a Abrace para atender demandas setoriais.  

IPIRANGA: Também está atuando com IBP e Sindicom para demandas setoriais e com Pacto no Covid Radar. Interesse em concentrar ações únicas de doações com outras empresas e troca de experiências com relação a fornecedores. 

NEOENERGIA: Está focada na narrativa interna voltada para técnicos e colaboradores, envolvida com ações setoriais da Abrade e apoio aos governos locais, onde possui concessão. 

Programação

Serão 8 webinars, realizados às quartas-feiras, de 8h às 9h, com uma análise sobre o impacto social que representam, de forma transversal. 

DATA

TEMA

29/abril 

Água e Saneamento 

13/maio 

Pessoas

27/maio  

Finanças 

10/junho  

Alimentos

24/junho  

Transição Energética

08/julho 

Bioeconomia e Florestas

22/julho 

Economia Circular 

05/agosto 

Cidades 

Sobre o CEBDS

O Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) é uma associação civil sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento sustentável por meio da articulação junto aos governos e a sociedade civil, além de divulgar os conceitos e práticas mais atuais do tema. Fundado em 1997, reúne cerca de 60 dos maiores grupos empresariais do país, responsáveis por mais de 1 milhão de empregos diretos. Representa no Brasil a rede do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), que conta com quase 60 conselhos nacionais e regionais em 36 países e de 22 setores industriais, além de 200 grupos empresariais que atuam em todos os continentes.

Foto: Pixabay

Tags
Exibir Mais

Brenda Bezerra

Estudante de publicidade e propaganda, produtora de moda e criadora de conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar