Nacional

É falso que o Brasil comprou ou ganhou de Israel 15 helicópteros militares

Circula nas redes sociais fotos de um helicóptero de uso militar, acompanhadas de uma legenda que “informa” que o governo federal acaba de adquirir 15 unidades do equipamento. Duas delas já estariam em solo brasileiro.

Também circula um vídeo que mostra o helicóptero fazendo um sobrevoo baixo em uma pista. Nesse caso, a legenda “informa” que o Brasil ganhou de presente de Israel 15 helicópteros modelo AH-64 Apache para combater o crime organizado. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado.

O governo federal não comprou 15 helicópteros recentemente, nem tem planos para fazer isso. Procurada pela Lupa, a assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira respondeu, por e-mail, que não existe a intenção de adquirir novos equipamentos desse tipo.

O helicóptero que aparece nas fotos é o T-129 Atak, produzido pela Turkish Aerospace, da Turquia. A empresa, que participa de 2 a 5 de abril da feira de tecnologia de segurança e militar LAAD 2019, no Rio de Janeiro, trouxe a aeronave para o Brasil e tem feito várias apresentações pelo país.

Dias antes do evento, o T-129 Atak foi exibido para militares do Exército e da Aeronáutica. Também esteve em outras cidades, como Brasília e Taubaté, no interior de São Paulo.

O governo israelense não doou 15 helicópteros AH-64 Apache, da Boeing, para o Brasil. Não há qualquer referência a esse “presente” na página do Ministério das Relações Exteriores que traz o resultado da visita de Bolsonaro ao país, entre 31 de março e 2 de abril, ou nos comunicados de imprensa do governo israelense. Procurado pela Lupa, o Ministério da Defesa afirmou, por telefone, que não houve qualquer doação.

Além disso, o helicóptero que aparece no vídeo não é o AH-64 Apache, mas o T-129 Atak, produzido pela Turkish Aerospace, da Turquia. Os helicópteros modelo AH-64 Apache são usados pela Força Aérea Israelense desde 1990. Em 1993, o governo dos Estados Unidos presenteou o país com 24 unidades.

Um estudo feito pelo Congresso norte-americano sobre a modernização da frota estimou, em 2007, que o menor custo para o Apache era de US$ 20 milhões. Ou seja, se o Brasil tivesse recebido esse presente, ele teria custado no mínimo US$ 300 milhões, ou cerca de R$ 1,1 bilhão, para o governo israelense.

Fonte: Piauí Folha

Foto: Reprodução

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar