CoronavirusEsportesInternacionalNotícias

Diretor da OMS mantém orientação para não realização de grandes eventos esportivos

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considerou nesta quarta-feira “irrealista” a realização de eventos esportivos que possam reunir multidões em países onde há transmissão local do novo coronavírus.

O diretor de emergências de saúde da OMS, Michael Ryan, disse que pode ser “desastroso” nessas circunstâncias autorizar o retorno de competições permitindo a presença de milhares de pessoas.

Questionado durante uma transmissão ao vivo nas mídias sociais da OMS sobre a possível data para a retomada de grandes eventos esportivos, Ryan afirmou que era impossível prever. “Nós não sabemos”, disse o epidemiologista.

“Grandes massas de 40.000, 50.000, 60.000 pessoas … Não é apenas o risco de estar no estádio, mas o transporte público, os bares e clubes”, destacou.

“Imagine todos os problemas que temos agora com boates e bares, e condense tudo isso por quatro ou cinco horas com milhares de pessoas usando o mesmo transporte público para o local, se envolvendo na festa e depois em todos os aspectos sociais (. ..) Isso pode ser desastroso”, afirmou.

“Não é realista em países onde há transmissão local” pensar que “assistiremos a grandes concentrações desse tipo este ano”, estimou.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 e a Eurocopa de 2020 foram adiados para o próximo ano, enquanto grandes torneios de futebol, como a Liga dos Campeões e o Campeonato Inglês, foram forçados a realizar partidas a portas fechadas.

Foto: Reprodução

Tags
Exibir Mais

Brenda Bezerra

Estudante de publicidade e propaganda, produtora de moda e criadora de conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar