CulturaEventosGeral

Dia do Documentário Brasileiro: Veja dicas de produções para curtir o fim de semana

Nesta sexta-feira, 7 de agosto, é comemorado o Dia do Documentário Brasileiro. A data foi definida pela Associação Brasileira de Documentaristas (ABD), e homenageia o aniversário do cineasta baiano Olney São Paulo, que foi preso e torturado no período da ditadura militar devido ao filme Manhã Cinzenta (1969), sobre o primeiro sequestro de um avião brasileiro, por membros da organização MR-8.

Entre os mais famosos documentários brasileiros está a obra Democracia em Vertigem (2019), de Petra Costa. A produção que tem como assunto principal o impeachment da presidente Dilma Rousseff, em 2016 foi tão impactante, que foi indicado ao Oscar 2020 na categoria Documentário.

Para celebrar a data, veja a seleção que separamos com os melhores documentários para você curtir o final de semana:

O Prisioneiro da Grade de Ferro

Depois de aprender técnicas de filmagem, em um curso dentro do presídio, detentos encarcerados no maior centro de detenção da América Latina documentam seu cotidiano. No registro frio e sem maquiagens, a realidade carcerária chega a chocar, devido a condições precárias que são obrigados a sobreviver, dez anos após acontecimentos de um dos episódios mais sangrentos da história do Brasil, o Massacre do Carandiru, que custou a vida de mais de uma centena de detentos. O documentário está disponível no YouTube.

Democracia em Vertigem

A obra de 2019 da autora Petra Costa, indicada ao Oscar, é um documentário político e memórias pessoais se misturam nesta análise sobre a ascensão e queda de Lula e Dilma Rousseff e a polarização da nação. Disponível na Netflix.

Ônibus 174

Um sequestro em um ônibus, que aconteceu  em 12 de junho de 2000, na Zona Sul do Rio de Janeiro, chocou o mundo. O enredo se baseia nas imagens do momento, entrevistas e documentos oficiais de tudo sobre o caso. Concomitante aos momentos de tensão, a história também busca mostrar como era a vida do sequestrador, como um comum menino de rua carioca que se transforma em bandido. Em dualidade de narrativas, o documentário analisa razões que resultam em um Brasil tão violento. O filme foi lançado dois anos depois do ocorrido, pelos diretores José Padilha e Felipe Lacerda.

Cidade de Deus: 10 anos depois

Cidade de Deus: 10 Anos Depois é um filme de Cavi Borges e Luciano Vidigal que conta o que mudou entre o elenco e produção 10 anos após o lançamento do filme Cidade de Deus, que fez história por aqui e também no mundo. O longa, dirigido por Fernando Meirelles e Kátia Lung, foi indicado a quatro categorias do Oscar, mostrando a realidade das favelas do Rio de Janeiro dos anos 1970.

Vinicius de Moraes

Para finalizar, no documentário Vinicius de Moraes, conhecemos através de um grande elenco composto por intérpretes, parceiros e amigos, como o compositor Vinicius de Moraes fez história no Brasil, criando um impacto no cenário artístico local. O título, lançado em 2005 sob direção de Miguel Faria Jr., conta com aparições de artistas como Camila Morgado, Yamandú Costa, Gilberto Gil, Chico Buarque, entre outros, em meio a imagens raras de arquivo.

Foto: Reprodução

 

 

 

Tags
Exibir Mais

Brenda Bezerra

Estudante de publicidade e propaganda, produtora de moda e criadora de conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar