ComportamentoCultura

Dia da cachaça: conheça a história e veja alguns lugares para comemorar em Fortaleza

Nesta sexta-feira, dia 13 de setembro é comemorado o dia da Nacional da Cachaça. Uma bebida com traz consigo uma carga simbólica muito grande para a cultura e identidade brasileira

A criação do Dia Nacional da Cachaça foi uma iniciativa do Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), criada em junho de 2009. E ainda existe um projeto de lei do deputado Valdir Colatto e que foi aprovado pela Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, em outubro de 2010, com o objetivo de oficializar a data.

História

Pinga

O dia 13 de setembro foi escolhido em homenagem a data em que a cachaça passou a ser oficialmente liberada para a fabricação e venda no Brasil, em 13 de setembro de 1661.

Esta legalização, no entanto, só foi possível após uma revolta popular contra as imposições da Coroa portuguesa, conhecida como “Revolta da Cachaça, ocorrida no Rio de Janeiro.

Até então, a Coroa portuguesa impedia a produção da cachaça no país, pois o seu objetivo era substituir esta bebida pela bagaceira, uma aguardente típica de Portugal.

Curiosidades

  • A cachaça tem em média 40% de teor alcoólico e, atualmente, é definida como um produto cultural brasileiro.
  • A bebida tem vários sinônimos e alguns deles bastante curiosos como mata-bicho, branquinha, parati, bicha, “água que passarinho não bebe”, marvada, veneno, boa, entre outras.

Confira locais para celebrar esse dia:

Embaixada da Cachaça: O local disponibiliza para compra cerca de 400 rótulos “do Rio Grande do Sul ao Maranhão”.

Boteco do Imprensa: Localizado na Aldeota, o boteco imprensa traz uma opções de cachaças artesanais de caju, abacaxi, acerola, goiaba e morango.

Engenho do Dedé: O restaurante com origem manauara é uma boa opção para provar uma ampla variedade de cachaças de fabricação própria do local. Hoje, irá promover degustação de meia dose de algumas delas.

Casa da Sogra: Situada no Montese, a Casa da Sogra conta com diversas opções de cachaça no cardápio, que vão dos três tipos da Reserva 51 – a Rara, a Singular e a Única – à Ypióca 150.

Giz Cozinha Boemia: Com endereço novo na Capital, o Giz Cozinha Boêmia apresenta uma carta de cachaças em que estão disponíveis cerca de 40 rótulos.

Sextou: Agora é só aproveitar as dicas que a Siará News separou para você e aproveitar essa sexta-feira (13).

Foto: Reprodução

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar