429{ "status": { "timestamp": "2021-05-14T11:20:41.074Z", "error_code": 1010, "error_message": "You've exceeded your API Key's monthly credit limit. Please contact us at api@coinmarketcap.com if you need assistance upgrading your plan.", "elapsed": 0, "credit_count": 0, "notice": "You have used 100% of your plan's monthly credit limit." } }
Siará News

Deputado George Lima quer instituir o Programa de Atração e Apoio à Geração de Energias Renováveis do Ceará

Deputado George Lima quer instituir o Programa de Atração e Apoio à Geração de Energias Renováveis do Ceará | Foto: Divulgação

Tendo a economia verde e a preservação do meio ambiente como umas de suas principais bandeiras, o deputado estadual George Lima (PV) deu entrada em um projeto de lei, visando instituir um Programa de Atração e Apoio à Geração de Energias Renováveis do Ceará.

De acordo com o deputado, o Estado do Ceará precisa valorizar o potencial que a natureza lhe concedeu e antecipar-se na disputa pela atração de investidores qualificados e também para maximizar benefícios socioeconômicos e preservar seus ativos naturais, minimizando impactos.

O projeto tem como objetivo promover a melhoria da qualidade de vida da população cearense, diversificando a matriz energética, descentralizando e interiorizando o desenvolvimento socioeconômico, tornando o ambiente de negócio mais competitivo, seguro e sustentável. O Programa possui seis eixos de atuação, sendo eles: instrumentos regulatórios, incentivos tributários, P&D, acesso à rede, desenvolvimento regional, financiamentos e geração de empregos.

O PL não terá impacto orçamentário, tendo em vista que para a implementação inicial do programa serão utilizados os recursos disponíveis e estrutura já existente atualmente no poder executivo do estado.

“O projeto contempla todos os municípios cearenses, pois todos eles têm os recursos naturais capazes de desenvolver energias naturais e através delas se desenvolve a economia local e regional com criações, plantações e atração de investimentos. A energia é o ponto fundamental, além disso, não ficamos na dependência de uma energia apenas”, ressalta George Lima.

Sair da versão mobile