DestaqueGeralPandemia

Covid-19: estudo aponta ineficácia do Remdesivir

Um estudo apoiado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou que o antiviral Remdesivir, considerado um dos tratamentos mais promissores contra a Covid-19, se mostrou ineficaz na prevenção da morte pela doença.

Publicada na noite de quinta-feira, a pesquisa afirma que o medicamento ‘parece ter pouco ou nenhum efeito sobre os hospitalizados’ com o novo coronavírus, ‘conforme indicado pelas taxas de mortalidade, início da assistência respiratória ou tempo de internação hospitalar’.

Originalmente destinado ao tratamento do Ebola, o Remdesivir fazia parte do coquetel experimental administrado ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, depois de contrair a Covid-19 no mês passado.

É um dos vários medicamentos analisados por este grande estudo com mais de 11 mil pessoas em 30 países.

Os dados, que ainda não foram revisados por outros médicos antes da publicação, parecem contradizer pelo menos dois grandes estudos americanos que mostraram que o Remdesivir pode reduzir o tempo de hospitalização de pacientes com Covid-19.

Os Estados Unidos autorizaram o uso do medicamento em 1º de maio, fabricado pela farmacêutica americana Gilead Sciences.

 

Tags
Exibir Mais

Edinaele Sousa

Jornalista e Produtora, 22. Além de registrar fatos, o jornalismo escreve histórias que serão contadas por gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar