Notícias

Contaminação por óleo: Nutec realiza análises de pescados comercializados no Ceará

Uma média de 200 amostras de pescados comercializados nos municípios cearenses serão analisadas pelos laboratórios de química e alimentos do Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará – Nutec, órgão vinculado à secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado. A instituição está colaborando com as ações de avaliação e monitoramento dos danos provocados pelo derramamento de óleo nas praias do Estado. A coleta, que teve início nesta quinta-feira (7), avaliará os possíveis contaminantes presentes na cadeia alimentar, consequentes do petróleo cru.

O estudo, realizado junto com a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará – Adagri, analisará produtos oriundos do mar e investigará a contaminação por benzeno, por hidrocarbonetos totais de petróleos, hidrocarbonetos policíclicos aromáticos e metais.

Para a coordenadora do Laboratório de Química Instrumental do Nutec, Crisiana Andrade, essa é uma forma do Estado dar uma resposta à população com relação a segurança alimentar. “A população precisa saber se pode comer ou não os produtos oriundos do mar com segurança, já que nossas praias foram contaminadas por óleo”, afirma.

Foto: Divulgação

Para o trabalho de análise, será criado um banco de dados com os produtos provenientes de 28 colônias de pescadores e serão priorizadas as 10 praias do Ceará atingidas pelo óleo. Os primeiros resultados devem sair em 15 dias.

O Governo do Ceará vem, desde o dia 25 de setembro, reunindo todas as entidades que possam colaborar com o combate à mancha de óleo que vem atingindo o litoral do Nordeste, de forma a mitigar seus efeitos no Estado. Desde então, foi formado um Grupo de Trabalho – com representantes de vários órgãos – que se reúne semanalmente para planejar e executar ações de monitoramento e limpeza.

O Nutec também está sendo contactado para realizas análises no Rio Grande do Norte (RN) para o Idema, vigilância sanitária e Instituto para desenvolvimento do meio ambiente.

Foto: Divulgação
Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar