ComportamentoCuidadosSaúde e Bem-Estar

Como preparar o cérebro para executar novos hábitos no retorno das atividades cotidianas

Com o retorno gradual das atividades rotineiras em função dos cuidados para evitar proliferação do novo coronavírus, muitas pessoas estão com dificuldades para se habituarem ao “novo normal”. O método Supera, escola de ginástica para o cérebro, preparou uma série de atividades que podem ser feitas por pessoas de todas as idades e que ajudarão nesse momento de readaptação ao cotidiano, confira:

Atenção e memória

No nosso dia-a-dia somos levados a agir de forma automática, sem prestar muita atenção ao que estamos fazendo. Adotar novos hábitos e comportamentos, sobretudo quando estes podem impactar em questões de saúde, requer conhecimento dos procedimentos a serem seguidos, atenção e disciplina para segui-los. Portanto, precisamos estar com nossa memória afiada e bastante conectados a tudo que estamos fazendo. Para turbinar essas habilidades podemos nos colocar alguns desafios tais como buscar memorizar listas de supermercado ou de atividades que tenhamos que fazer, conhecer as regras de um novo jogo e colocá-las em prática durante a partida, cantar uma música de trás para frente, dentre outras.

Inteligência emocional

O sucesso na execução de novos comportamentos é em grande parte dependente do nosso sistema emocional. Reconhecer, portanto, as nossas emoções e sentimentos diante desse retorno às atividades pode nos ajudar a incorporar de forma mais consistente os procedimentos necessários. Experimente conectar-se consigo mesmo, feche os olhos e observe como está sua respiração, os seus batimentos cardíacos, os seus pensamentos. Como se sente neste momento? Manter sempre em mente os benefícios gerados por seus novos hábitos será de grande ajuda e para isso, é importante que você busque uma forma de validação do novo comportamento, seja em forma de reconhecimentos por parte dos outros, ou seja vindo de si mesmo.

Dinamize sua mente

Segundo a diretora do método Supera, Selma Freitas, dinamizar sua mente também pode ser uma boa alternativa para sentir menos os impactos da volta às atividades rotineiras. “É importante que você não esteja com a mente sobrecarregada nesse período, já que grandes mudanças sempre tendem a consumir mais energia do nosso cérebro. Então, o indicado é sempre manter uma diversidade de atividades cerebrais, uma boa dica é escutar suas músicas preferidas, ler sobre novos assuntos e praticar seus hobbies”, explica.

Mude hábitos antigos

Mudar suas práticas diárias também podem ser uma boa alternativa de exercício para mente, como conta Selma. “Muitas vezes estamos presos em nossas rotinas e mudá-las faz com que o nosso cérebro seja exercitado. Uma boa alternativa é mudar objetos de locais, fazer novos percursos de casa para o trabalho, fazer contas matemáticas e procure alimentos que lhe lembrem da sua infância. Essas são excelentes maneiras de mudar seus hábitos”, finaliza.

Foto: Divulgação

Tags
Exibir Mais

Edinaele Santos

Jornalista e Produtora, 22. Além de registrar fatos, o jornalismo escreve histórias que serão contadas por gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar