Empreendedorismo

Como montar um clube de investidores para gerar negócios e fomentar startups cearenses?

A Gomes de Matos Consultores Associados firmou parceria com a Cordel Ventures, a fim de montar um clube de investidores e gerar negócios e oportunidades para empresas e start ups locais. A parceria da GMCA com a Cordel foi firmada e evento, no dia 7 de novembro,na sede da Gomes de Matos, para empresas, convidados e formadores de opinião.

A ideia da parceria é tornar o estado do Ceará um HUB, no que tange ao ecossistema de startups e inovação, constituindo um grupo de investidores, destinado à realização de atividades voltadas à criação de oportunidades, visando a análise de necessidades do mercado, fomento da cultura empreendedora, capacitação e a criação livre de networking. O propósito da parceria é gerar e identificar as oportunidades, transformando-as em negócios inovadores e lucrativos, com criatividade, inovação e arrojo.

A iniciativa vai proporcionar às empresas todo o suporte nos negócios: reuniões mensais (sempre com apresentações de case de sucesso e networking); Missões empresariais; Avaliação de startups e outros negócios para a indicação de investimentos; Envio de report mensal dos negócios e oportunidades avaliadas; Mentoria para investimentos com definição da tese de investimento individualizado por investidor; Intermediação dos investimentos, garantindo também toda a segurança jurídica.

Para o diretor de Marketing, Eduardo Hamdan, O Ceará já é reconhecido por ser um HUB portuário, aéreo e tecnológico. “O objetivo é que nos tornemos também um HUB em inovação, reconhecido em todo o país e o melhor caminho para isso é criando e fortalecendo o ecossistema de inovação e startups”, explica.

Segundo Marcus Vinicius Saraiva, sócio da Cordel Venture e fundador da Ipanema Comunicação, a parceria com a Gomes de Matos é muito importante porque com a tradição e qualidade já reconhecida no mercado da consultoria, a Cordel, que é empresa focada em inovação, vai chegar para somar forças para entrar no mercado das empresas tradicionais e conecta-las às iniciativas de inovação. “Com isso, vai trazer maior valor agregado, novos processo gerenciais, novos produtos e também a possibilidade desses empreendedores mais tradicionais poderem conhecer, investir e acreditar em ideias mais inovadoras que estão sendo desenvolvidas no Ceará”, argumenta Marcus. “O resultado será benéfico para o crescimento da economia do nosso Estado”, completa.

Sobre o assunto, o Colabora Inova conversou com Guilherme Pequeno da GMCA e com Marcus Vinicius Saraiva da Cordel Ventures.

Você pode conferir o que aconteceu no programa:

Texto: Marcellus Rocha
Foto: Arquivo Pessoa

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar