ArteCulturaFortalezaNotícias

Com apenas 19 anos, cearense lança livro e vai parar no top 3 de mais vendidos da Amazon

Autor de Castle High - O Retorno da Espada, Jonas Aquino veio da periferia de Fortaleza e transcrevia livro em computador de amigos

Uma mistura de magia e suspense em uma história de príncipes e dragões de tirar o fôlego. Essas são algumas das descrições dos leitores de Castle High – O Retorno da Espada, obra infanto juvenil que atingiu o top 3 de mais vendidos da Amazon. A parte mais emocionante do livro vai além de suas páginas: ele foi escrito por um cearense de apenas 19 anos. 

Fazendo sua estreia no mercado literário, Jonas Aquino é o responsável pela história de Arthur Crytus, protagonista cuja vida é transformada após uma grande catástrofe e que embarca em uma jornada cheia de emoção. Assim como a personagem da publicação, Jonas passou por muitas reviravoltas.

Logo em seu lançamento, Castle High – O Retorno da Espada ficou no top 3 de mais vendidos da Amazon. | Foto: Arquivo Pessoal

Sem computador em casa, Jonas transcrevia o livro na casa de amigos

Do Bairro Mondubim em Fortaleza, onde morava com a família, Jonas encontrava inspirações para escrever suas próprias aventuras. “Desde cedo gostei muito de ler Harry Potter, Game of Thrones… de tudo um pouco. A leitura foi onde me encontrei e, eventualmente, na escrita também”, disse o jovem escritor à Siará News. 

Sem possuir computador, Jonas dividia a atenção das aulas na Escola Estadual de Educação Profissional Darcy Ribeiro, no Conjunto Esperança com a escrita daquelas que viriam a ser as primeiras páginas de Castle High. Era na casa de amigos que lhe emprestavam um computador que ele passava para o meio digital a história que lhe renderia muitos frutos em 2020. 

No começo deste ano, após receber “nãos” de muitas editoras, o jovem cearense recebeu um “sim” da Skull Editora, que decidiu apostar em Castle High. Logo em sua estreia, o livro foi um grande sucesso de vendas e chegou ao primeiro lugar do top 3 de mais vendidos da Amazon. A obra está disponível em formato físico e digital. 

Para acompanhar Jonas nas redes sociais, siga o perfil no instagram @thejoaquino e no twitter @RealJOAquino.

A Siará News conversou com Jonas Aquino sobre o livro e seus planos no mercado literário. Confira a entrevista exclusiva: 

SN – Como está sendo viver todo o sucesso do livro, a repercussão e o reconhecimento?
JONAS – Está sendo surreal. Eu sempre sonhei em ganhar o mundo, por assim dizer, com as minhas histórias. Ser lido é, com certeza, a maior ambição de um escritor. Essa minha realização não diz respeito somente a mim mas a toda uma conjuntura de autores nacionais injustiçados pelo mercado. Pra mim, é uma honra estar onde estou, representando tanta gente assim.

SN – Quais foram suas principais inspirações e motivações no processo de escrita do livro?
JONAS – Harry Potter me iniciou no mundo das sagas e me inspirou a vontade de criar um mundo igualmente encantador. Mas, distante disso, eu sempre senti dentro de mim a vontade de escrever. Acredito que isso tudo é inspiração divina. Seria quase impossível eu fazer o que fiz se eu não tivesse fé nisso.

SN – Quando começou a escrever a obra, ainda no ensino médio, você já planejava publicá-lo?
JONAS – Eu sonhava em publicá-lo, tê-lo nas livrarias e tudo mais. Dizem que sonhar é importante e de fato foi o que me motivou a seguir no caminho da literatura. Eu via minha história ser lida pelo mundo todo sempre que fechava os olhos.

SN – Castle High foi seu grande debut, por assim dizer. Você tem planos de continuar no mercado literário?JONAS – Bem, Castle High é uma saga, e portanto planejo continuá-la  em outros livros. Todos eles serão sequências diretas uns dos outros, e seguirão a história do príncipe Arthur Crytus e a sua jornada na Academia para Cavaleiros e Arqueiros.

SN –  Como um jovem escritor cearense vindo da periferia de Fortaleza  e que conquistou uma notoriedade tão grande no mercado literário, qual a sua mensagem para aqueles que pretendem seguir no meio?
JONAS – Fé. Todos nós precisamos de fé, seja no que for. A fé é o motor dos sonhos. Se não tivéssemos perspectiva de alcançá-los, mesmo que remotamente, não nos daríamos ao trabalho de sonhar. Pode ser difícil, mas não é impossível. Mesmo que o mundo diga não, nós sempre podemos vencer o mundo.

Tags
Exibir Mais

Rogério Bié

Estudante de Jornalismo, 20 anos, escorpiano, apaixonado por entretenimento, novas línguas e culturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar