Londres (AFP) – O Chelsea deu início à defesa do título da Liga dos Campeões com uma vitória em casa por 1 a 0 sobre o Zenit de São Petersburgo, nesta terça-feira, na primeiro rodada do Grupo H do principal torneio europeu de clubes. O belga Romelu Lukaku, astro dos “Blues” para a nova temporada, foi o encarregado de derrubar a muralha defensiva dos russos aos 69 minutos. Os três pontos permitem ao Chelsea começar com o pé direito em um grupo em que a Juventus lidera graças a um saldo de gols melhor, depois de vencer o Malmö por 3 a 0 na Suécia.”Foi difícil, diante de um adversário muito forte e jogadores muito bons individualmente, capazes de escapar da pressão. Por isso, tivemos que trabalhar muito para recuperar a bola e tive a sensação de que colocamos muita intensidade no jogo, tentando mantê-lo em alto nível com ou sem a bola”, disse o técnico do Chelsea, Thomas Tuchel.O Chelsea está tendo um início de temporada muito sólido. A este bom início europeu se soma o seu balanço de 10 pontos nas primeiras quatro rodadas da Premier League inglesa, onde aparece no trio do topo ao lado de Manchester United e Liverpool. No primeiro tempo do duelo contra o Zenit, o Chelsea não se sentiu confortável e não encontrou espaços diante de uma equipe muito bem posicionada. Das poucas chances, a que mais trouxe intenção na primeira etapa foi para a equipe visitante, com um chute do ucraniano Yaroslav Rakitskiy (37) que foi defendido pelo goleiro senegalês Edouard Mendy.No segundo tempo, o alemão Antonio Rüdiger (49) teve a primeira chance importante do Chelsea, conduzindo a bola de seu campo até a área adversária e mandou um chute para fora. O Chelsea conseguiu marcar aos 69 minutos de jogo, com um cruzamento do espanhol Cesar Azpilicueta que Lukaku cabeceou para marcar. O gol liberou o time londrino de exercer pressão e, apesar de não conseguir aumentar o placar para jogar com mais tranquilidade, conseguiu controlar a partida e deixar os três pontos em Stamford Bridge.