Em live na noite desta quinta-feira (28), o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio afirmou que o Centro de Formação Olímpica (CFO), no bairro Castelão, irá funcionar como um local de acolhimento para pacientes de Covid-19, de áreas vulneráveis, que têm sintomas leves e precisam ficar isolados, em quarentena.

O plano é que o local comece a funcionar a partir de junho.

“Os dois critérios básicos são esses, pacientes positivos com sintomas leves e que sejam de áreas com maior vulnerabilidade, pobres, e que a presença do paciente em comunidades com alto adensamento pode ser um risco maior para a disseminação da doença”, afirma Roberto Cláudio.

De acordo com o Prefeito, os pacientes serão selecionados pelo Programa Saúde da Família, e a internação dos pacientes serão voluntárias.

“Acaba sendo mais seguro para o próprio paciente, que vai está sendo assistido, que vai está sendo monitorado e também será positivo para a própria família, que evitará um risco maior de contaminação da doença”, explica o prefeito.

Com informações do G1
Foto: Reprodução