Foto: Reprodução

Estão abertas, a partir de hoje (29), as inscrições para vagas de agentes e supervisores de microcrédito do Programa Ceará Credi, do Governo do Estado. As inscrições podem ser realizadas até as 23h59 do dia 3 de maio, no site do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT). Os editais disponibilizam 104 vagas para contratação imediata.

CONFIRA DETALHES SOBRE AS VAGAS:

AGENTE DE MICROCRÉDITO

  • Lotação: Coordenação de Formação Profissional e Empreendedorismo – IDT;
  • Número de vagas: 96, distribuídas nas Regiões de Planejamento do Estado do Ceará;
  • Carga horária: 200 horas mensais;
  • Salário bruto: R$ 1.427,85
  • Natureza do contrato de trabalho: Tempo Indeterminado
  • Regime de trabalho: Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT
  • Veja edital completo

SUPERVISOR DE MICROCRÉDITO

  • Lotação: Coordenação de Formação Profissional e Empreendedorismo – IDT;
  • Número de vagas: 8, distribuídas nas Regiões de Planejamento do Estado do Ceará;
  • Carga horária: 200 horas mensais;
  • Salário bruto: R$ R$ 1.952,01
  • Natureza do contrato de trabalho: Tempo Indeterminado
  • Regime de trabalho: Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT
  • Veja edital completo

As oportunidades são para atuação em diversas regiões do estado, como Fortaleza, Cariri, Centro-Sul, Litoral Norte, Serra da Ibiapaba, Sertão de Sobral, Maciço de Baturité, Sertão Central, Litoral Oeste / Vale do Curu, Sertão de Canindé, Sertão dos Crateús, Sertão dos Inhamuns, Litoral Leste e Vale do Jaguaribe.

A seleção prevê ainda a formação de um cadastro de reserva. O prazo de validade do processo será de 12 meses a contar da publicação do resultado.

CANAIS DE COMUNICAÇÃO PARA TIRAR DÚVIDAS:

  • E-mail: sgdh@idt.org.br
  • Telefone: (85) 2180.6210 – Ramais 1017.

PROGRAMA CEARÁ CREDI

Operacionalizado pela Agência do Desenvolvimento do Ceará (Adece), o Programa Ceará Credi visa beneficiar microempreendedores (formais e informais), trabalhadores autônomos.

Os financiamentos vão variar de R$ 500 a R$ 5 mil para cada negócio individual. Já para quem tem empresa em conjunto com outros sócios, o valor liberado pode chegar a R$ 21 mil.