Carmelo Neto denuncia morte de feirante ao Ministério dos Direitos Humanos | Foto: Reprodução

O Vereador cearense Carmelo Neto (Republicanos) fez uma denúncia ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos sobre o caso do feirante da José Avelino morto na madrugada desta quarta-feira (18), em confronto com a Guarda Municipal. De acordo com o vereador, a titular da pasta, ministra Damares Alves, se solidarizou com o caso e teria intenção de vir ao Ceará.

“A ministra se solidarizou, já denunciei (o caso) ao Ministério, à Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, e vou oficiar o gabinete da ministra, porque ela disse que tem intenção de vir aqui ao estado do Ceará, a Fortaleza, acompanhar de perto a situação”, disse o vereador, em video divulgado nas redes sociais.

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), determinou nesta quarta-feira (18), a abertura de processo para apurar “com todo rigor possíveis excessos”.