O deputado federal licenciado Capitão Wagner, presidente estadual do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), entrou com uma representação por quebra de decoro parlamentar contra a vereadora Marta Gonçalves, na Câmara Municipal de Fortaleza, em detrimento do vazamento de uma conversa entre o seu filho, o deputado estadual Bruno Gonçalves (Patriota) e o suplente de vereador e pré-candidato, Maninho Palhano.

Dentre os assuntos abordados no áudio, Bruno Gonçalves destaca a manobra utilizada pelo grupo para reeleger sua mãe, vereadora do município de Fortaleza. De acordo com Capitão Wagner, o áudio que repercutiu na imprensa nacional e local, demonstra que o grupo liderado pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, possui um verdadeiro “esquema financeiro e político” para comprar apoio de lideranças no município.

“Desta feita, o envolvimento da Representada no esquema criado pelo grupo político do Prefeito Roberto Cláudio, o qual faz parte, principalmente na “facção” encabeçada pelo Deputado Estadual Bruno Gonçalves é patente. Não restam dúvidas que o cerco foi montado para desequilibrar o processo eleitoral, para fins de se comprar a vaga de vereadora Marta Gonçalves – Representada, nas eleições de 2020, e, ainda garantir apoio político eleitoral para o candidato sucessor do Prefeito Roberto Cláudio”, diz Capitão Wagner em documento protocolado na Câmara Municipal.

Foto: Reprodução/Internet